Genetec firma parceria com Microsoft para oferecer solução de videomonitoramento

0
0

A Genetec, empresa de da área de segurança física e de soluções unificadas de segurança IP, anuncia que sua plataforma de videomonitoramento Security Center foi certificada pela Microsoft para o seu sistema de vigilância de cidades, o  Domain Awareness System (DAS).

A cooperação entre a canadense Genetec e a Microsoft no DAS iniciou-se nos Estados Unidos, na Polícia de Nova Iorque. No Brasil, a parceria é bastante recente e visa prover tecnologia de monitoramento de imagens para os sistemas de controle de alertas que o DAS possui.

O Security Center é uma plataforma aberta com recursos de gerenciamento de vídeo IP, controle de acesso e sistemas de reconhecimento de placas de veículos. A plataforma inclui ferramentas que promovem a colaboração e compartilhamento de informações entre os operadores e as organizações públicas e privadas.

O DAS é um sistema de gerenciamento e integração de dados de segurança pública que  trabalha com três níveis de informação:  territorial,  temporal e semântica. Na informação territorial, o sistema estabelece a latitude e longitude do local em que o evento aconteceu, que pode ser originado a partir de uma ocorrência policial, uma ligação bombeiro etc;  na informação temporal, é apontada a data e a hora da ocorrência; e na informação semântica é apresentado o que aconteceu na ocorrência, que pode ser roubo, furto, pessoa desaparecida, deslizamento de terra, entre outras ocorrências para órgãos de segurança.  A base de dados que alimenta os três níveis do DAS são o 190, boletim de ocorrência, o corpo de bombeiro, o cadastro de veículos, número das carteiras nacional de habilitação.

"Todo tipo de ocorrência traz um alerta com base nos três níveis, e o DAS informa se o evento é crítico ou não, que exija a presença dos profissionais do órgão de segurança", explica Alfredo Deak Júnior, diretor de Justiça e Segurança da área de Soluções de Justiça e Segurança Pública da Microsoft Brasil. "A Genetec entra no momento do alerta, e o Security Center procura câmeras de vídeo próximas ao local da ocorrência, que são visualizadas pelo policial ou bombeiro que as estão operando", acrescenta Deak.

A Microsoft escolheu o Security Center porque o DAS pode operar qualquer funcionalidade da plataforma da Genetec, com integração total e muito interativa.  "A Genetec disponibilizou a forma mais simples de integração de sua plataforma de videomonitoramento ao DAS, inclusive habilitando sua interface para outros fornecedores de vídeo vigilância, além do modelo de federação de ambientes", diz. Outro ponto destacado pelo diretor é que dentro da mesma tela, o policial vê todas as informações disponibilizadas pelo DAS e as imagens fornecidas pela Genetec.

No Brasil o DAS com o Security Center está sendo implementado na Secretaria de Segurança Pública do Governo Estadual de São Paulo para auxiliar na investigação de crimes, geração de alertas customizados por usuário e desastres de todo o Estado.

A Genetec tem como um dos seus principais focos atender o setor público,.e dessa forma esta parceria com a Microsoft é muito importante para a expansão dos nossos negócios junto ao Governo", diz Denis Côté, country manager da Genetec Brasil.

Deixe seu comentário