Banco Votorantim investe no BR Startups, fundo de investimento em startups de base tecnológica

0
5

O Banco Votorantim vai investir no fundo BR Startups, criado pela Microsoft Participações e gerido pela MSW Capital, para apoiar o desenvolvimento do ecossistema brasileiro de empreendedorismo e fomentar a inovação no país em jovens empresas de base tecnológica. O banco não revela o valor que será aportado no fundo

A seleção para a nova rodada de investimentos em fintechs, de R$ 250 mil a R$ 1,5 milhão por startup, começa nesta semana e vai até o dia 11 de novembro de 2016. Para participar, as empresas devem se inscrever pelo link: http://www.fundacity.com/fundo-br-startups/apply/1072. Os detalhes do programa com os critérios de qualificação estão no link, sendo os principais deles: ter pelo menos dois sócios (CEO e CTO), ser uma empresa brasileira e faturamento anual entre R$ 120 mil e R$ 10 milhões.

Ao aliar grandes corporações com o mesmo intuito, o BR Startups pretende ser o principal veículo brasileiro de estímulo a inovação aberta, por meio da atividade de corporate venture. O fundo já conta com investidores como a própria Microsoft Participações, a Agência de Fomento do Estado do Rio de Janeiro (AgeRio), a ES Ventures e a Monsanto, que investiu recentemente intensificando a atuação nas agritechs (startups voltadas para o agronegócio).

O foco de investimento do BR Startups são empresas com soluções inovadoras, com potencial para se tornarem negócios globais, nas áreas de: sistemas na nuvem (cloud based solutions), educação (edtech), agronegócio (agritech), produtividade industrial, mobilidade (mobility) e smart cities, energia limpa (cleantech), saúde (digital health), Internet das Coisas (IoT) e segurança pública (public safety). E agora, com o Banco Votorantim, fortalece a atuação na área de finanças (fintechs).

Gabriel Ferreira, diretor de Estratégia, Planejamento e Negócios de Varejo do Banco Votorantim, explica que o objetivo do banco ao aportar no fundo criado pela Microsoft é provocar e atrair o interesse dos jovens empreendedores na busca de inovação disruptiva no mercado financeiro, oferecendo um ambiente estruturado para o desenvolvimento de soluções únicas. "Queremos parcerias com startups que tragam novidades impactantes para o nosso setor. Nosso objetivo é auxiliá-las não apenas financeiramente, mas também na estruturação e desenho de seus negócios. Entendemos que existe uma grande sinergia e capacidade de geração de valor entre o mundo bancário tradicional e as fintechs", afirma.

Segundo Franklin Luzes, COO da Microsoft Participações, as fintechs estão revolucionando o mercado. "A presença do Banco Votorantim no fundo BR Startups possibilita a priorização dessa temática em nossos investimentos e fortalece a nossa atuação e apoio ao setor financeiro no país."

A gestão do fundo é feita pela MSW Capital, gestora com experiência no apoio a empreendedores na jornada do crescimento atuando no planejamento de negócios e em transações de fusões e aquisições).

Moises Swirski, gestor do Fundo BR Startups, reforça a importância da entrada do Banco Votorantim no Fundo. "As instituições financeiras de grande porte buscam, cada vez mais, a inovação de fora para dentro como solução eficaz para avançar em novos mercados e aprimorar a resposta aos seus clientes. Ao investir no fundo BR Startups, voltado para o desenvolvimento do ecossistema brasileiro de inovação, o Banco Votorantim se coloca como parceiro ativo das startups do segmento de fintech, transferindo para elas conhecimento e cultura empreendedora, ao mesmo tempo que se posiciona na fronteira da inovação brasileira."

As startups investidas pelo fundo contam com uma rede de parceiros que contribuirão com o seu desenvolvimento em diversas frentes: mentoria em áreas estratégicas, apoio operacional e tecnológico, espaço físico, business networking e apoio financeiro.  O Banco Votorantim atuará ativamente na mentoria em gestão financeira e administrativa das empresas investidas, disponibilizando também parte do seu time mais experiente nessa ação.

Deixe seu comentário