Lucro da Wipro cresce 11% e totaliza US$ 1,4 bilhão no ano fiscal

0
15

A Wipro, empresa indiana prestadora de serviços de consultoria e outsourcing de TI, divulgou os resultados financeiros do quarto trimestre e de todo ano fiscal de 2015, encerrado em 31 de março. O lucro da companhia no último trimestre registrou crescimento de 2%, para US$ 366 milhões, e em todo o ano aumentou 11%, alcançando US$ 1,4 bilhão.

Já a receita cresceu 4% entre janeiro e março, totalizando US$ 1,9 bilhão, e aumentou 8% em todo o ano fiscal, para US$ 7,5 bilhões, contra U$ 7,3 bilhões um ano antes. Somente a receita com serviços de TI cresceu 8,7% no ano, alcançando US$ 7 bilhões.

De acordo com o informe de resultados, o destaque do ano fiscal ficou por conta da adição de 65 novos clientes, e a margem de 22,2% na receita de todo o ano para o segmento de serviços de TI. O diretor financeiro da Wipro, Jatin Dalal, disse que a manutenção do foco nas melhorias operacionais e no aumento de produtividade resultou na expansão das margens, apesar dos movimentos adversos da moeda.

Para o primeiro trimestre do ano fiscal de 2016 a projeção da empresa é que a receita fique entre US$ 1,76 bilhão e US$ 1,79 bilhão.

LATAM e Brasil

A Wipro, que atua também na América Latina, possui uma sede comercial em São Paulo e um Centro de Entrega Global em Curitiba, no Paraná. Além do Brasil, também atendem a região os Centros de Entrega Global instalados na cidade de Guadalajara e Cuautitlán, no México. A companhia possui cerca de 1,2 mil funcionários na região, dos quais 800 estão no Brasil. A meta da empresa é alcançar cerca de 30% de crescimento no mercado latino-americano nos próximos dois anos.

Deixe seu comentário