Topaz OFD oferece solução para reduzir riscos de fraudes no segmento financeiro

0
8

Com 424 milhões de dispositivos digitais em uso no Brasil entre computadores, notebooks, tablets e smartphones, de acordo com a pesquisa do Centro de Tecnologia de Informação Aplicada (FGVcia), a oferta e a procura por serviços no modelo on-line crescem cada vez mais. O setor bancário é um dos que mais têm desenvolvido soluções digitais para atender as demandas dos clientes no universo mobile.

Para ajudar as instituições financeiras a combater práticas mal-intencionadas contra os correntistas, o Grupo Stefanini oferece a solução Topaz OFD Anti-Fraud Intelligence, que atua na prevenção de fraudes financeiras e mitigação de riscos operacionais e transacionais em canais digitais como Internet Banking, Mobile Banking e Soluções de Onboarding.

Como o ambiente digital pode apresentar diferentes tipos de vulnerabilidades e portas de acesso para invasões, os bancos tiveram que se atentar não só à sua estrutura interna, mas também aos dispositivos dos usuários, que passaram a ser o alvo dos criminosos digitais. "Nesse novo cenário é insuficiente proteger apenas o perímetro das instituições. É necessário criar camadas de proteção do mundo externo, principalmente no ambiente usado pelo cliente para acessar os canais digitais. Para isso, desenvolvemos a plataforma Topaz OFD, que se utiliza de um ecossistema de dados e comportamentos do usuário de forma invisível e agnóstica, analisando as jornadas digitais dos consumidores a partir de uma perspectiva multidimensional, que garante mais assertividade no controle e prevenção a fraudes", conta Flávio Gaspar, head de Produtos da Topaz.

Para detectar os eventos associados a possíveis fraudes, como clonagem de cartão de crédito e movimentações financeiras suspeitas por meio de dispositivo móvel, a solução analisa um contexto maior, se atentando a características de uso do dispositivo, localização, habitualidade, análise transacional, valores e outras variáveis que podem indicar um comportamento não usual, decorrente de uma tentativa de fraude.

"Por ser uma solução em nuvem, a central que utiliza a Topaz OFD recebe todas as informações das fraudes que estão acontecendo em diferentes bancos, o que permite a criação de um ecossistema de cruzamento e validação de dados. Além de otimizar o diagnóstico das fraudes, a ferramenta amplia a velocidade de prevenção", explica Jorge Iglesias, CEO da Topaz e responsável pela torre financeira da Stefanini.

Anualmente, a Topaz OFD processa 12 bilhões de eventos nos bancos contratantes. Por meio dos dados coletados, são realizadas 2 bilhões de atualizações por ano para que as fraudes sejam prevenidas e os ataques sejam evitados com mais antecedência. Já são mais de 40 bancos no Brasil que utilizam a OFD para garantir a segurança de seus usuários. Por conta dos bons resultados nacionais, a Topaz planeja expandir a oferta para o mercado latino-americano.

"A região tem um grande potencial a ser explorado no que diz respeito à proteção financeira. Queremos oferecer aos bancos uma solução que promova um ambiente seguro, onde os usuários dos serviços digitais se sintam confortáveis ao acessar o Internet Banking, fazendo com que cresça o índice de confiança na instituição financeira", aponta Jorge Iglesias.

A previsão é que ainda em 2021 aconteça a internacionalização da OFD. A expansão abre a oportunidade para que os bancos da América Latina conheçam também os outros serviços e soluções ofertados pela Topaz, que atua como um poderoso Core Banking, desenvolvido pela Stefanini, que utiliza tecnologias de ponta para oferta multicanal.

Deixe seu comentário