Check Point apresenta arquitetura de segurança Software-Defined Protection

0
0

A Check Point Software apresenta o Software-Defined Protection (SDP), sua arquitetura de segurança que é capaz de proteger as empresas contra o atual cenário de rápida evolução das ameaças de TI. O SDP é uma arquitetura de segurança composta de três camadas: aplicação, controle e gestão.

Esta estrutura separa a camada de controle da camada de aplicação, o que permite pontos de aplicação robustos e altamente confiáveis, que obtêm atualizações de proteção em tempo real a partir de uma camada de controle baseada em software. O SDP converte a inteligência das ameaças em proteções imediatas e é administrado por uma estrutura de gestão modular e aberta.

"O panorama das ameaças tornou-se muito mais sofisticado e os cenários corporativos de TI se tornaram mais complexos. As empresas precisam saber como podem se tornarem mais seguras, mas de forma simples e viável. O SDP é a arquitetura de segurança de hoje para as ameaças de amanhã; é simples, flexível e pode converter, de maneira sólida, inteligência a uma proteção em tempo real", disse Amnon Bar-Lev, presidente da Check Point Software Technologies.

"O novo Software-defined Protection da Check Point é um modelo robusto de arquitetura de segurança que faz muito sentido em termos práticos" disse Dan Meyer, vice-presidente de tecnologia da Carmel Partners. "Os ataques de segurança mudaram radicalmente nos últimos anos e o SDP é um passo à frente muito inteligente na proteção de organizações de todos os portes com o uso de uma abordagem pragmática, modular e segura."

"Ao oferecer uma arquitetura de segurança focada em função, ameaças e necessidades, o modelo arquitetônico Software-Defined Protection da Check Point ajuda a área de TI a redesenhar melhor a rede de segurança da empresa para adaptar-se tanto ao cenário sem fronteiras de TI quanto ao panorama dinâmico das ameaças", disse Charles Kolodgy, vice-presidente da equipe da IDC Security Products.

"Porém, há uma imensidão de produtos de segurança em pontos de natureza reativa e tática, que não são orientados arquitetonicamente. Nós desenvolvemos o Software-Defined Protection em resposta a esta lacuna e para fornecer às empresas uma infraestrutura de segurança que seja segura e ágil", concluiu Bar-Lev.

Deixe seu comentário