Alpargatas usa G Suite para colocar funcionários em home office

0
56

Com mais de 100 anos de história, a Alpargatas, companhia responsável pelas marcas Havaianas, Osklen e Mizuno, conseguiu colocar em regime de home office cerca de 3 mil funcionários de escritórios, de um dia para o outro. O feito foi alcançado com o G Suite, suíte de aplicativos de produtividade do Google, que a empresa adotou há menos de um ano para colaboradores do Brasil, Colômbia, Estados Unidos, Hong Kong e Europa.

O que era uma iniciativa para dar continuidade a jornada de transformação digital, acabou preparando-a para adotar o trabalho remoto assim que as medidas de distanciamento social foram adotadas.

"Como tomamos a decisão antecipada de adotar essas ferramentas, no dia seguinte já tínhamos todos trabalhando de casa, se conectando, colaborando nos mesmos documentos e fazendo reuniões. Nosso CEO começou a interagir com as equipes não só do Brasil, mas de outros países também", conta Jorge Ramalho, diretor de tecnologia da Alpargatas. O executivo explica que a adoção do G Suite surgiu da necessidade de transformar a experiência dos funcionários e que, em menos de três meses houve a migração global, sem quedas de produtividade ou impacto para os clientes.

José Roberto Daniello, diretor de Pessoas da Alpargatas, explica que a adoção de ferramentas como Gmail, Drive, Documentos, Planilhas, Apresentações, Agenda, Google Meet, Google Chat, entre outros estava alinhada como o objetivo da companhia de se tornar mais global, digital, inovadora e sustentável e, com a chegada da pandemia, a empresa se deu conta que estava preparada para uma situação que nem sequer sabia que ia acontecer", afirma.

A empresa tinha planos de implantar uma rede social para colaboradores, onde eles pudessem interagir de forma dinâmica, atrativa e engajada, Com a chegada da pandemia e a adoção do trabalho remoto, a empresa antecipou o lançamento do Currents, rede social corporativa do Google Cloud. A companhia também passou a utilizar o Google Classroom como uma ferramenta para o treinamento de novas pessoas que venham trabalhar na empresa.

"Com o Currents, temos agora uma plataforma de colaboração moderna, que além da comunicação interna, grupos de discussão e comunidades das áreas de interesse, permite que as pessoas tenham acesso a atividades de bem-estar que a empresa oferece, como ginástica laboral e yoga. Além de ter um espaço para compartilhar sua vida pessoal, como playlists de música, bichos de estimação, e receitas", comenta o diretor de Pessoas da Alpargatas. Daniello revela que em um mês, a plataforma alcançou 500 mil visualizações e que já está disponível no mundo inteiro, até mesmo para colaboradores das fábricas.

O diretor de tecnologia complementa que "Na visão da Alpargatas, o G Suite representa um ecossistema que permite a evolução da usabilidade conforme o mundo muda" e explica que a empresa trabalha com a visão que a pandemia é um momento transitório, mas que novas ferramentas para otimizar o trabalho e a conexão das pessoas vieram para ficar.

A empresa está desenvolvendo agora, junto com a Gentrop e to Google Cloud, um sistema dentro do G Suite, que dará suporte aos primeiros colaboradores que voltarão ao escritório, quando a volta parcial for liberada. A ferramenta ajudará em ações como aprovação de retorno, liberação das redes e até determinação do local onde a pessoa ficará dentro do escritório.

No início deste ano, o G Suite atingiu um marco, passando a marca de 6 milhões de empresas e organizações pagantes. Muitas delas aderiram ao seu uso durante a pandemia para viabilizar o trabalho remoto de seus funcionários. "Estamos todos – não somente as equipes do Google, mas clientes e o mundo inteiro – passando por um momento sem precedentes. O impacto do novo coronavírus impõe vários desafios e, para muitos de nós, essa situação exigiu mudanças na maneira como trabalhamos", ressalta Marco Bravo, head do Google Cloud no Brasil.

Deixe seu comentário