Cisco tem queda no lucro e receita no 3º trimestre fiscal, mas ações sobem quase 6% na Nasdaq

0
0

A Cisco Systems divulgou nesta quarta-feira, 18, os resultados financeiros do terceiro trimestre do ano fiscal de 2016, encerrado em 30 de abril, com queda de 3,6% no lucro e de 1,1% na receita. O lucro líquido ajustado da fabricante de equipamentos de rede, no entanto, foi melhor do que os analistas esperavam — totalizou US$ 2,35 bilhões contra US$ 2,44 bilhões. A receita líquida somou US$ 12 bilhões ante US$ 12,1 bilhões contabilizados em igual período do exercício fiscal anterior.

Os resultados são atribuídos pela empresa à queda na demanda por tecnologia corporativa, embora enfatize que ela já vem mostrando força ultimamente. Em fevereiro, a Cisco aumentou a projeção de pagamento de dividendos e recompra de ações, uma vez que a receita projetada ajustada também mais forte do que o esperado para o trimestre.

De todo modo, a empresa reconhece que o enfraquecimento das condições econômicas globais cobraram um pedágio da empresa, principalmente da receita com a venda de switches, que caiu 3% no trimestre, enquanto a receita com roteadores recuou 5%. A receita com sistemas de colaboração, a terceira maior fonte de renda da empresa, subiu 10%.

Para o quarto trimestre, a Cisco estima que a receita ajustada deve crescer acima de 3% e o lucro por ação deve ficar entre US$ 0,59 e US$ 0,61, ante a expectativa de analistas de um lucro ajustado por ação de US$ 0,58, segundo a Thomson Reuters.

Ao que tudo indica, Wall Street viu com bons olhos os resultados. As ações da empresa no after-hours trading, negociação após o fechamento da Nasdaq, foram negociadas a US$ 28,24, alta de 5,69%.

Deixe seu comentário