APIs: Mercado Bitcoin e banco Brasil Plural integram plataformas

2
323

A Matera, empresa brasileira de soluções digitais para os segmentos financeiro, varejista e de gestão de riscos, otimizou a integração entre a fintech Mercado Bitcoin e o banco Brasil Plural. A empresa desenvolveu uma API (Application Programming Interface) que permite a rápida transmissão de informações entre o banco e a corretora de bitcoins, além de adicionar mais segurança e escala às transações.

Antes da implantação, as mais de 4000 transferências em um mesmo dia realizadas pelos investidores de bitcoins eram validadas e conferidas manualmente, fazendo com que o processo demorasse mais que o necessário. Agora, em cerca de 15 minutos, o autor e o valor da TED são identificados e o crédito é realizado na plataforma de negociação da fintech.

"A relação entre fintechs, especialmente as que transacionam criptomoedas, e o sistema bancário tradicional tem histórico conturbado. Entretanto, a parceria entre Mercado Bitcoin e Brasil Plural, impulsionada pela nossa plataforma, comprova que o potencial para grandes oportunidades de negócio para ambos os lados ainda é enorme", diz Carlos Netto, CEO da Matera.

A Matera viabilizou a solução em cerca de 15 dias. Após algum tempo de testes, a API foi implementada e teve seu primeiro movimento em março de 2018. "Acredito que o Open Banking é um processo irreversível, que está revelando modelos de negócio inovadores e vantajosos para as fintechs, os bancos tradicionais e a população. É um orgulho para a Matera, que alia excelência técnica e conhecimento de mercado, ter um papel importante nessa verdadeira revolução", finaliza Carlos.

2 COMENTÁRIOS

Deixe seu comentário