IBM lidera mercado usuário de blockchain

0
0

No novo estudo da Juniper Research descobriu que a IBM é claramente considerada como tendo as mais fortes credenciais no setor de blockchain, bem à frente dos concorrentes, segundo quase 400 executivos, gerentes e líderes de TI da empresa responderam a pesquisa  "Blockchain Enterprise Survey".

Entre as empresas que consideram ativamente, ou no processo de implantação da tecnologia blockchain, mais de 4 em cada 10 (43%) classificaram a IBM em primeiro lugar – mais do dobro da proporção selecionada para a Microsoft, na segunda colocação (20%).

De acordo com o estudo, isso refletiu o envolvimento de P & D da IBM com iniciativas como o Hyperledger e sua extensa lista de clientes de blockchain em uma série de verticais principais e casos de uso, incluindo bancos, rastreamento de ativos e indústria da música.

Entre os entrevistados que estavam preparados para indicar seus níveis de investimento em cadeia de blocos, mais de dois terços (67%) declararam que já investiram mais de US$ 100 mil no final de 2016, enquanto 91% dessas empresas confirmaram que estariam gastando em pelo menos, esse montante em 2017. O estudo afirmou que isso sugeriu que a maioria dos investimentos iniciais entregou resultados que foram bastante encorajadores para que as empresas busquem ensaios ou integrações mais extensas.

No entanto, o relatório pediu às empresas que se ativessem a cadeias de blockchain privadas para implantações comerciais, em vez de utilizar cadeias públicas como a Bitcoin. Argumentou que a maioria dos aplicativos corporativos exigiria a capacidade de restringir o acesso aos usuários autorizados, enquanto as empresas também precisariam ter um grau de controle sobre o desenvolvimento de blockchain em que seus sistemas se tornaram dependentes.

De acordo com o autor de pesquisa,  Windsor Holden, "mesmo que as empresas realizem testes iniciais usando uma cadeia de blockchain pública, na maioria dos casos, as deficiências dessas cadeias devem desqualificá-los de muitos casos de uso, incluindo liquidação financeira, implantações do setor público, logística e registro de terras".

Deixe seu comentário