Dell inicia produção de sistema de armazenamento no Brasil

0
0

A Dell anunciou nesta quinta-feira, 19, o início da produção de sistemas de armazenamento de dados (storage) no Brasil. Inicialmente, a empresa irá fabricar, na unidade de Hortolândia, cidade na região de Campinas, as controladoras SC9000 e os gabinetes de expansão SC400 e  SC420. A estimativa da Dell é que a produção local deva reduzir em um terço o tempo para entrega dos projetos de storage no país.

Questionada sobre a superposição com a linha de storage da EMC, que também produz alguns modelos localmente, a empresa não quis comentar, pois ainda aguarda a finalização da aquisição da fornecedora de sistemas de armazenamento e gerenciamento da informação, prevista para ocorrer no terceiro trimestre deste ano. Por enquanto, elas são concorrentes.

O diretor de produtos e soluções empresariais da Dell para América Latina, João Bortone, garante que a decisão de fabricação está dentro de estratégia de longo prazo, com adoção da tecnologia mais atual, para atender as necessidades de transformação digital das empresas. Ele explica que o desafio atual da TI e das áreas de negócios é migrar para a chamada terceira plataforma, que envolve computação em nuvem, mobilidade e analytcis. O executivo destaca que, ao mesmo tempo, os departamentos de TI precisam reduzir custos com gerenciamento de  sistemas, energia e refrigeração, que representam 80% dos gastos de uma data center, segundo pesquisa da IDC. "Por esse motivo a Dell aposta em nuvem hibrida, com soluções testadas, certificadas e entregues de forma diferenciada para atender os projetos de cada empresa."

Marcos Café, diretor de marketing de storage da Dell para América Latina, diz que as soluções de armazenamento proporcionam mais eficiência e disponibilidade, motivo  pelo qual  o cliente pode comprar até menos capacidade bruta de discos do que oferecido pela concorrência, graças aos recursos de compressão e deduplicaçao combinados.

Dell SC9000

O Dell SC9000 é uma controladora da categoria storage center, desenvolvida sobre a plataforma de servidores Dell PowerEdge 13G, desenvolvida para empresas que demandam escalabilidade, capacidade de armazenamento e configuração personalizada. Ela  é expansível para até 3 petabytes (PB) por array, além de federação multi-array com backend de 12 gigabytes (GB). O sistema traz ainda arquitetura de protocolo virtualizado, suporte SAN (Storage Area Network) ou NAS (Network-Attached Storage) de pool de storage unificado e integração com os mais diversos ambientes: VMware Metro Stretch Cluster, Microsoft Azure, Oracle, OpenStack, entre outros.

A controladora SC9000 inclui a nova versão do Storage Center Operating System , também anunciado nesta quinta-feira. O SCOS 7 traz uma arquitetura avançada, automatizada e virtualizada, para incorporar a mudança da indústria para arquiteturas baseadas em flash e, aumenta a flexibilidade para "flash forward", tecnologia mais avançada que pode rapidamente assimilar desenvolvimentos futuros. Entre as ferramentas de gerenciamento, destacam-se o Live Migration para movimentações entre servidores e cargas de trabalho, com tempo de inatividade zero; novos controles de administração QoS, suporte VMWare VVOLs  para ambientes virtualizados e plataforma de replicação entre SC e PS Arrays.

"Com tecnologia Flash o custo de armazenamento caiu 40 vezes no últimos 4 anos. Ela vai matar o disco rotacional, pois gasta menos energia, menos refrigeração, menos espaço físico", diz Café

Os gabinetes SC400/420 simplificam a expansão de storage e suportam uma variedade de drives, incluindo SAS, NL-SAS e SSD. Esses equipamentos colaboram com requisitos de alimentação de data centers hot-swappable e redundantes, e protegem os dados de maneira segura com eficiência de refrigeração.  O SC400 inclui 12 slots de 3,5" e o SC420 oferece 24 slots de 2,5".

Deixe seu comentário