Solução de inteligência artificial da Visa impediu perdas de US$ 25 bi em fraudes no mundo

0
0

De acordo com análise da Visa, o uso de inteligência artificial (AI) na solução Visa Advanced Authorization (VAA) ajudou seus emissores a evitar a perda de um total anual estimado em US$25 bilhões com fraudes. A ferramenta de gerenciamento de risco VAA – que monitora e avalia em tempo real as autorizações das transações que passam pela VisaNet – ajudou o emissor a identificar e a responder prontamente aos padrões e tendências de fraude emergentes.

No ano passado, a Visa processou mais de 127 bilhões de transações entre estabelecimentos comerciais e instituições financeiras na VisaNet, utilizando AI para analisar 100% das transações – cada uma, em cerca de um milissegundo – para que as instituições financeiras pudessem aprovar compras legítimas, identificar e barrar transações fraudulentas rapidamente.

Segundo os emissores, o atrito no processo de pagamento pode levar ao abandono de um cartão de pagamento. Um estudo da Javelin revelou que transações incorretamente recusadas levaram mais da metade dos pesquisados (51%) a usar um cartão de pagamento secundário para efetivar a compra no mesmo estabelecimento comercial, o que pode fazer com que um cartão concorrente se torne a primeira opção do consumidor.

Entretanto, a eliminação do atrito não pode prejudicar a identificação e a prevenção da fraude. Na pesquisa da National Retail Federation e da Forrester, 55% dos varejistas pesquisados disseram que a fraude é seu maior desafio na área de pagamento.

A VAA utiliza redes neurais para agilizar os processos de identificação de possíveis fraudes. Ainda por meio da ferramenta VAA, a empresa oferece modelos de Aprendizado Automático para analisar cada transação em tempo real e pontuação de risco, compartilhada pela Visa com a instituição financeira do portador da conta, por meio da qual a instituição decide se aprova ou recusa a transação.

Deixe seu comentário