Investidor deixa conselho do eBay após confirmação de spin off do PayPal

0
10

Apesar de ter se defendido prontamente contra a acusão do controverso megainvestidor Carl Icahn de conflito de interesses por ocupar um assento no Conselho de Administração do eBay, o investidor Marc Andreessen, dono do fundo de venture capital Andreessen Horowitz, anunciou nesta segunda-feira, 20, que está deixando o cargo "por livre e espontânea" vontade.

Depois de o site de leilões e comércio eletrônico ter confirmado no fim do mês passado que fará a separação (spin off) de sua unidade de pagamentos eletrônicos PayPal no segundo semestre de 2 015, o executivo declarou que sua parmanência no board da empresa havia chegado ao fim.

Na verdade, o executivo há tempos vinha sendo pressionado por Icahn, que alegava que sua permanência no conselho se configurava em um conflito de interesses. O megainvestidor ativista acusava Andreessen de obter bilhões de dólares para a sua empresa de venture capital, que tem grandes participações em duas ex-subsidiárias do eBay, pagando um preço barato.

O eBay divulgou comunicado à imprensa, elogiando Andreessen pelos seis anos de serviços prestados ao conselho. Andreessen também usou o Twitter para dar a notícia à sua maneira: "Após seis anos de serviço + decisão de dividir [a empresa] ter se completado, decidi que agora é um bom momento para sair do Conselho de Administração do eBay".

A renúncia vem meses depois de Andreessen defender sua permanência no conselho do eBay, que foi duramente questionada por Icahn, após ter sua proposta de separação do PayPal rejeitada. Para pressionar a empresa a fazer o spin off, ele passou a exigir que o investidor deixasse o cargo. A presença de Andreessen ficou insustentável depois de Icahn revelou a venda do serviço de telefonia e vídeo Skype para um grupo que incluía o fundo Andreessen Horowitz. Com informações do The New York Times.

Deixe seu comentário