Samsung adquire participação na fabricante de carros elétricos chinesa BYD por US$ 455 milhões

0
0

A coreana Samsung Electronics adquiriu uma participação de 2% na BYD, fabricante de carros elétricos chinesa, por US$ 455 milhões. Com sede em Shenzhen, na China, a companhia tem entre seus acionistas a Berkshire Hathaway, do megainvestidor Warren Buffett. A operação foi realizada por meio Samsung Semiconductor, que comprou 52,3 milhões de ações da BYD por 57,4 yuans cada ação (o equivalente a US$ 8,60).

A BYD levantou 14,5 bilhões de yuans no total (US$ 2,1 bilhões) em uma rodada de investimento que contou com seis investidores, de acordo com um comunicado à Bolsa de Valores de Shenzhen. A captação de recursos vai diluir a participação do bilionário e presidente da companhia, Wang Chuanfu, para 18,8%.

A aquisição é parte da estratégia da Samsung para se posicionar ao lado de empresas de tecnologia globais que estão investindo na indústria automobilística que produz veículos de última geração, tais como carros elétricos e autônomos. A Apple e o Google, por exemplo, estão trabalhando no desenvolvimento de carros elétricos e autônomos de marca própria.

A compra da participação pela Samsung foi divulgada pela mídia sul-coreana na semana passada. A companhia disse que o investimento na BYD irá reforçar o seu negócio de chips para carros elétricos. O conglomerado coreano já é um concorrente significativo na indústria automobilística através de suas subsidiárias, a Samsung SD, que fabrica baterias de veículos elétricos, e a Samsung Electro-Mechanics, especializada em câmeras automáticas, sensores e módulos de telecomunicações.

As vendas de carros elétricos e híbridos na China, o maior mercado de automóveis do mundo, quadruplicou para 331 mil veículos no ano passado, ajudado por subsídios governamentais. Com agências de notícias internacionais.

Deixe seu comentário