Brasil registra 78,5 milhões de compras online

0
44

Um estudo realizado pela Neotrust mostrou um aumento de 57,4% em comparação com o ano passado nas compras feitas pela internet no Brasil, com 78,5 milhões de compras feitas online. A pesquisa atribui o aumento às restrições referentes à pandemia da covid-19, que faz os consumidores optarem por compras online.

A região onde houve maior crescimento do e-commerce foi a Sudeste, responsável por 63% de todas as compras online no país no quarto trimestre. No entanto, a região mostrou retração de 3,9% em relação ao mesmo período de 2020.

Ticket médio

Em relação ao ticket médio das compras online, o estudo mostra que o consumidor gasta em média R$ 447,90, um aumento de 9,04% se comparado com o mesmo período do ano passado.

A pesquisa também mostrou que, assim como nos trimestres anteriores, os produtos com ticket médio menor tiveram desempenho melhor. Ainda assim, os produtos de preços mais elevados também registraram boas vendas online.

Outro ponto de atenção foi o aumento na quantidade de compras com a entrega gratuita. Cerca de 53% dos pedidos do primeiro trimestre estavam livres de taxas de entrega. No mesmo período do ano passado essa parcela foi de 47%.

Maior desempenho

Categoria Porcentagem do total faturado no período (março 2020 | março 2021)
Telefonia 21,2%
Eletrodomésticos & Ventilação 17%
Moda & Acessórios 16,5%
Beleza, Perfumaria e Saúde 15,2%
Entretenimento 12,6%

 

Subcategorias

Subcategoria Porcentagem do total faturado no período (março 2020 | março 2021)
Livros 97,2%
Ar-condicionado 86,9%
Smartphones 81,6%
Aparelhos de televisão 80,5%
Fones de ouvido 76,1%
Remédios 56,7%
Aparelhos elétricos para o cabelo 50,4%
Notebooks 22,6%
Geladeiras 19,7%

 

Credibilidade

Segundo Maria Portela, diretora do In Mais, os dados revelados pela pesquisa demonstram que o comportamento do consumidor, diante do cenário atual de isolamento, é de total adequação aos meios digitais para adquirir produtos.

Maria Portela explicou que outro ponto determinante é a segurança que o consumidor sente ao  fazer transações online. "Essa confiança aumenta quando o consumidor sabe que existem instituições sólidas na outra ponta. Aqui no In Mais, o consumidor conta com bancos como CAIXA, BRB, Banco Pan, Banpará", enumera. Isso para não falar em parceiros como Renner, Ponto e Extra, entre outros.  Eles também são uma vantagem, pois, por serem grandes redes de varejo, conseguem garantir ofertas bem mais atrativas aos clientes, além de transformar as compras realizadas em cashback", completa.

Segundo Maria Portela, o In Mais possibilita ainda o uso dos pontos para resgatar produtos.  "Isso, torna a adesão ao programa um investimento, em razão dos benefícios oferecidos. É uma excelente maneira de o consumidor continuar utilizando o e-commerce", garante.

Deixe seu comentário