Capgemini e Microsoft se unem em programa global de serviços em nuvem

0
0

A Capgemini está expandindo o seu programa de serviços na nuvem, tendo a Microsoft como o primeiro parceiro a ingressar no programa. A iniciativa, nomeada "Capgemini Cloud Choice with Microsoft", é formada por um conjunto de ofertas cujo foco é possibilitar a transformação dos negócios e a implementação de soluções Cloud Advisory e Managed Platform Services, para trazer mais agilidade e foco nas operações do negócio.

A proposta oferecerá soluções de nuvem gerenciadas como serviço, específicas para as necessidades de cada setor. A linha de soluções incluirá:

  • OneShare – acelera o provisionamento de testes e desenvolvimento na plataforma Microsoft Azure e controla os custos com o uso de monitoramento e programação dos recursos;
  • SkySight – nuvem privada semelhante à Azure, que ajudará as empresas a implantar rapidamente novos aplicativos, tirar proveito de serviços gerenciados com preços competitivos e obter uma rápida implantação e configuração;
  • Ofertas próprias, exclusivas da Capgemini, específicas para cada setor, como, por exemplo, a plataforma bancária customizada.

Desenvolvidas internamente por especialistas da Capgemini, essas soluções podem ser configuradas conforme as necessidades de cada cliente, reduzindo o custo total de propriedade. Elas englobam serviços de nuvem híbrida, pública, hospedada e privada que utilizam a plataforma Azure e oferecem uma plataforma integrada que pode ser facilmente implementada para fazer melhor uso dos investimentos atuais de TI.

"Esse é um passo importante para nossa parceria global com a Microsoft, com a qual fomos pioneiros na adoção da nuvem. Os benefícios de uma capacidade computacional flexível como serviço mudaram a dinâmica do mercado para todos os setores, mas o segredo é saber explorá-los. Muitos setores ainda enfrentam desafios para adoção das tecnologias de nuvem e migração das cargas de trabalho, e precisam de ajuda para definir suas políticas de uso da nuvem, o ambiente de conformidade e a estrutura organizacional, para impulsionar o desempenho. Esse requisito não se aplica apenas às empresas de grande porte, mas também às startups e empresas recém-criadas, que agem rapidamente para explorar as tecnologias de nuvem", diz o diretor global de tecnologia do Grupo Capgemini, Lanny Cohen.

Deixe seu comentário