Tecnologia NVIDIA integra infraestrutura aplicada a projetos de inteligência artificial na Universidade Federal de Goiás

0
13

A Universidade Federal de Goiás, instituição responsável por criar o primeiro curso superior de bacharelado em inteligência artificial (IA) do Brasil, inaugura uma nova infraestrutura de tecnologia focada em executar projetos de IA para pesquisa e indústria no dia 21 de outubro.

O Centro de Excelência em Inteligência Artificial (CEIA), uma unidade Embrapii (Empresa Brasileira de Pesquisa e Inovação), é responsável pela iniciativa e conta com investimento de R$ 1,4 milhão da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Goiás com associação a recursos da Procuradoria Geral do Estado de Goiás, que desenvolve projetos de inovação com o CEIA. Para possibilitar esse avanço, a nova infraestrutura inclui a aquisição da NVIDIA DGX A100, o sistema universal para todas as cargas de trabalho de IA.

O CEIA será a primeira instituição na América Latina a adquirir a DGX A100 com 80 GB de memória, o servidor IA mais rápido do mundo. O novo equipamento NVIDIA Enterprise irá auxiliar com projetos de automação de textos jurídicos, sintetização de voz artificial e reconhecimento de fala. A instituição deve ainda incluir outras ferramentas da divisão NVIDIA Enterprise para compor as próximas melhorias da infraestrutura.

Comparando os resultados obtidos com equipamentos antigos, o investimento em uma versão anterior da GPU (uma DGX-1), que ocorreu em 2017, trouxe um retorno direto de cerca de oito vezes do valor investido. No caso da DGX-A100, já foram fechados contratos que arrecadaram um valor superior ao que foi aplicado. Pelas estimativas da Universidade, até o final de 2022 o retorno será recorde.

Deixe seu comentário