Apple tem queda de 22% no lucro trimestral e ações fecham o dia em baixa

0
2

A Apple fechou o terceiro trimestre do ano fiscal de 2013, encerrado em 29 de junho, com lucro líquido de US$ 6,9 bilhões, o que representa um recuo de 22% ante os US$ 8,8 bilhões contabilizados no mesmo período do exercício fiscal anterior. A receita da companhia totalizou US$ 35,3 bilhões e se manteve estável na comparação com os US$ 35 bilhões do terceiro trimestre do ano fiscal passado.

Entre abril e junho, a fabricante vendeu 31,4 milhões de iPhones, 20% a mais que os 26 milhões de unidades comercializadas mesmo trimestre do exercício fiscal anterior. Já o número de iPads foi menor — 14,6 milhões de unidades ante 17 milhões de equipamentos vendidos um ano antes. A venda de computadores Macintosh também registrou ligeira queda, caindo de 4 milhões de unidades no terceiro trimestre do ano fiscal de 2012 para 3,7 milhões de unidades no atual exercício fiscal.

O Conselho de Administração da empresa declarou que irá pagar dividendo de US$ 3,05 por ação ordinária. Ele será pago em 15 de agosto aos acionistas registrados no fechamento dos negócios até 12 de agosto.

Os números apresentados foram ao encontro das estimativas de analistas do mercado. No mês passado, Peter Misek, da consultoria Jefferies Research, cortou o preço-alvo dos papéis da fabricante alegando preocupações com o enfraquecimento da demanda por iPhone, reduzindo a estimativa de vendas do smartphone de 30 milhões de unidades para 27 milhões de aparelhos. Já a receita estimada pelo analista foi de US$ 36,6 bilhões, acima do contabilizado pela companhia no período.

Os resultados não agradaram os investidores. No fechamento do pregão desta terça-feira, 23, na bolsa eletrônica Nasdaq, as ações da companhia, que já apontavam queda durante o dia, encerram cotadas a US$ 418,99, um recuo de 1,72% em relação ao pregão anterior. Já no after-hours trading, negociação após o fechamento da Nasdaq, houve uma recuperação, com os papéis registrando alta de 3,53%, valendo US$ 433,8 por volta das 19h (horário de Brasília).

Notícia atualizada às 19h.

Deixe seu comentário