Quase 100% dos jovens das classes A, B e C têm smartphone no país, diz E.life

0
0

Pesquisa realizada pela E.life entre maio e junho deste ano, junto a 530 jovens brasileiros das classes A, B e C, revela que quase todos (95,6%) possuem smartphones, mais da metade (51,7%) têm tablets e 48,7% já fizeram transação financeira por meio de tablet, contra 27,4% que usaram celular para esse tipo de transação. O campeão de uso em meio a essa população, entretanto, é o notebook.

O estudo "Jovem Mobile.BR" será apresentado na íntegra no próximo dia 4 de outubro, em evento aberto da empresa (inscrições gratuitas e limitadas). O levantamento avalia a relação do jovem brasileiro com os dispositivos móveis e a adesão desse público ao comércio eletrônico, ao consumo de mídia mobile e ao pagamento móvel (mobile payment.)

Alessandro Barbosa Lima, CEO da E.life, alerta para o impacto que a adesão do consumidor aos smartphones e tablets terá sobre as empresas, exigindo novos investimentos em mobile marketing

"O cenário apresenta a oportunidade de um mercado novinho em folha para ser desbravado e construído, mas também o desafio enorme de criar e desenvolver produtos e serviços que sejam centrados nesse consumidor", diz ele.

Entre os achados do estudo, a E.life adianta que os principais entraves citados para a realização de compra pelo celular foram desconfiguração de sites quando acessados via dispositivos móveis (mencionada por 38% dos respondentes), seguido pot insegurança (25%.)

Apesar dos entraves, a pesquisa captou perspectivas muito favoráveis ao mobile commerce no país. Na opinião de 75% dos entrevistados, as compras por celular e tablet farão parte do dia a dia das pessoas no futuro, conforme adianta a E.life.

Deixe seu comentário