Pesquisa: 70% das empresas desejam executar a maioria de suas aplicações na nuvem

0
0

O estudo "A Verdade na Nuvem" divulgado pela Veritas Technologies mostra que as empresas estão acelerando a adoção de cloud computing. Ele aponta que 47% dos entrevistados caracterizam o estado atual da infraestrutura de sua empresa como uma divisão uniforme entre nuvem pública e data center. Se levarmos em conta apenas o Brasil, o número é ainda maior: 58%. E o cenário futuro é bastante promissor: mais de 70% gostariam de executar a maioria ou todos os seus aplicativos na infraestrutura de nuvem pública – entre os brasileiros, o número é de 68%, bem parecido com a média global.

"À medida que a dependência da nuvem aumenta, as organizações precisam empregar estratégias de gerenciamento de dados e investimentos mais robustos, mas flexíveis o suficiente para ajudar na transformação, ao mesmo tempo em que mitigam riscos", explica Gustavo Leite, country manager da Veritas Brasil.

Em parceria com a Cascade Insights, a Veritas ouviu 1.645 arquitetos e administradores de nuvem de 15 países para entender suas opiniões e visões sobre a infraestrutura de backup, além de suas ideias sobre o futuro da proteção de dados na nuvem. O resultado do estudo aponta que a nuvem como facilitadora dos negócios digitais modernos é o principal impulsionador dessa aceleração.

Empresas investem em novas soluções

A natureza cada vez mais distribuída dos sistemas de TI é um dos principais motivos pelos quais muitas empresas estão aumentando o investimento na tecnologia usada para protegê-las e garantir sua segurança. No Brasil, 56% das empresas alocaram verba em novas soluções para lidar com a proteção de dados em nuvem nos próximos 12 meses. Embora o resultado seja positivo, ainda assim, é menor do que a média global: de acordo com a pesquisa, 70% afirmam destinarem verba com esse propósito, e a maioria ainda espera que seu orçamento para backup e recuperação de dados aumente substancialmente nos próximos três anos.

Além disso, no Brasil, mais de 38% das companhias usam soluções de terceiros para fazer o backup de dados hospedados na nuvem – menos que a média global de 50%. No entanto, onde os entrevistados são responsáveis tanto pelos workloads on-premise quanto pelos baseados na nuvem, quase metade prefere fazê-lo com uma única solução de backup.

Para a Veritas, conforme há uma aceleração da inciativa das empresas em relação à transformação em nuvem, também aumenta a confiança das companhias na Veritas. A empresa registrou um crescimento de quatro vezes na quantidade de dados passando de ambientes on-premise para as duas principais nuvens públicas. Isso sem contar o enorme aumento no número de workloads do NetBackup que foram movidos para a nuvem no mesmo período.

Os clientes da empresa estão escolhendo predominantemente a nuvem para novas cargas de trabalho e implementações avançadas, para se beneficiarem da orquestração de recuperação de desastres, proteção de dados na nuvem e ambientes híbridos on-premise e na nuvem.

A plataforma integrada Enterprise Data Services da Veritas facilita a extensão da proteção de nível corporativo do on-premise para a nuvem e garante que os dados estejam sempre disponíveis, em conformidade e seguros.

Deixe seu comentário