Reuters irá distribuir vídeos on line no Brasil

0
7

A agência de notícias internacional Reuters anuncia acordo com a SambaAds, rede de distribuição de vídeos online da América Latina, para distribuição de seu conteúdo para uma rede de publishers de todo país.

"A entrada do conteúdo premium da Reuters na plataforma da SambaAds possibilitará que portais, sites de jornais e revistas, blogs e vlogs que integram nossa rede de conteúdo veiculem as matérias produzidas pela agência, ampliando massivamente sua distribuição e permitindo gerar receita publicitária com publishers que até então não investiam na compra de reportagens com a qualidade de uma agência de renome como a Reuters. Faremos a curadoria dos vídeos e vamos disponibilizar aos publishers mais de 70 reportagens por semana produzidas pela agência", diz Rodrigo Paolucci, CEO da SambaAds.

"A SambaAds será o canal de distribuição do nosso conteúdo para o long tail, o que é uma tendência irreversível. Com isso, passaremos a estar presentes em um universo muito maior de veículos na Internet e iremos alavancar nossa audiência através de canais regionais que exercem grande influência e são muito acessados por um público qualificado e diversificado. Este é um projeto pioneiro na América Latina e estamos confiantes de que a parceria com a SambaAs será muito positiva para ampliar o alcance do nosso conteúdo na web. O futuro da TV é o video on-line", acrescenta Sebastian Laver, Director of Content Solutions – Latam da Reuters no Brasil.

Com uma produção diária de cerca de 30 horas de vídeos em 85 cidades do mundo, a Reuters está presente com equipes de reportagem em todos os continentes, cobrindo os fatos mais relevantes de assuntos diversos, como política, economia, internacional, cultura, tecnologia e esportes. A agência também tem parcerias com redes de TV em vários países, que não só compram o material produzido pela agência, mas também cedem seus conteúdos para que a Reuters distribua em sua rede internacional de broadcast.

"A Reuters não conseguiria impactar milhares de publishers espalhados por todo Brasil e estes, por sua vez, não conseguiriam ter acesso a este conteúdo premium sem que estivessem integrados à plataforma da SambaAds", pontua Paolucci. "É uma parceria onde todos ganham. A SambaAds aumenta sua distribuição de conteúdo premium e a rede de publishers, o que ajudará a atrair mais e novos anunciantes. Já os publishers passam a veicular um conteúdo de altíssima qualidade e aumentam o faturamento com publicidade.

A Reuters chega ao long tail para ampliar sua audiência e, da mesma forma, gerar mais receita com publicidade nos vídeos on-line. E os anunciantes conseguem um engajamento muito maior com seus consumidores, que ao invés de receberem uma programação empacotada da TV irão definir o que querem assistir, quando e em qual dispositivo seja na SmarTV, no PC, no tablet ou no smartphone. Estamos implantando a TV 2.0 no Brasil", finaliza.

 

Deixe seu comentário