75% dos credores estão adicionando novas formas de pagamento, por quê?

0
0

"Você quer meu dinheiro? ", me perguntei enquanto saía do site de um credor que não aceitava cartão de débito. Quando credores te oferecem novas formas de pagamento eles aumentam a arrecadação de dinheiro em 15%. Para aumentar tal arrecadação e atender às crescentes expectativas dos clientes, 75% deles adicionam constantemente novas formas de processamento para os pagamentos.

E o que motiva esse comportamento?

  1. A competição está esquentando: 76% dos serviços de empréstimo afirmam encarar aumento de concorrência na área de faturamento e pagamento, interações mais frequentes com seus clientes. Não surpreende que essa área determina 58% da satisfação do cliente com seu credor.
  2. Credores precisam reagir rapidamente às mudanças de comportamento: Enquanto a competição por novos empréstimos aumenta, somente 24% dos credores dizem ser flexíveis para lidar com novas formas inovadoras de pagamento. As expectativas dos consumidores pela experiência de pagamento crescem de acordo com a procura por vídeos de "pagamentos eletrônicos", lembretes de texto e coleções virtuais. Conforme a velocidade em que as coisas mudam aumenta, fica mais difícil para os credores acompanharem. Aqueles que oferecem novas opções de pagamento lideram o jogo.
  3. A preferência do cliente mudou para transações eletrônicas: Uma grande mudança ocorreu em 2016. A batalha para prover a melhor experiência de pagamento agora acontece por meio de interações eletrônicas. Dados da consultoria Ovum, no estudo "Global Payments Insight: Bill Pay Services", apontam que a maioria das companhias (80%) aceita mais pagamentos eletrônicos do que em papel/cheque (65%):

aci

  1. Pagamentos eletrônicos dominam: 85% dos empréstimos são feitos de maneira eletrônica. Cada um desses pagamentos oferece uma interação para os credores promoverem serviços adicionais com ofertas segmentadas.
  2. SaaS deixou mais rápido adicionar novas opções de pagamento: SaaS liberta os credores de esperar as soluções internas de TI para atender as demandas dos clientes. Ainda de acordo a Ovum, investindo no sistema de pagamento de empréstimo SaaS, o crescimento será de 53% até 2021 contra 24% para sistemas in-house.
  3. Novas opções de pagamento aumentam a rentabilidade: 75% dos credores estão implantando novas opções de pagamentos agora, enquanto falamos. Essas novas opções (eBill, pagamentos móveis e recorrentes) não somente aumentam a receita, mas também a rentabilidade por meio da substituição do papel e da manufatura pelas interações eletrônicas.
  4. Novas opções de pagamento reduzem o volume de call center: Um serviço de empréstimo reduz as ligações de call center em mais de 25%. Eles migram ligações do seu centro de chamadas para uma nova rede e para um sistema de Interactive Voice Response (IVR), em tradução livre "resposta interativa de voz".
  5. Integração tecnológica beneficia os resultados: O mesmo serviço de empréstimo do credor diminui os custos internos de infraestrutura em 25% ao melhorar sua integração tecnológica. A ideia é integrar o sistema de pagamento instantâneo ao ERP. Ao aumentar a poupança à longo prazo, é possível lançar uma solução de pagamentos de contas integrada entre mobile, web, IVR e canais de call center.

Em resumo, para atingir seus principais objetivos e fidelizar profundamente seus consumidores, as soluções de pagamentos não podem ficar estagnadas.

Phil Spradlin, gerente de Marketing de Produto da ACI Worldwide.

Deixe seu comentário