Startup dos EUA seleciona MIDITEC para incubação em programa da Samsung

0
21

O MIDITEC, incubadora de empresas de base tecnológica sediada em Florianópolis gerida pela Associação Catarinense de Tecnologia (ACATE) e mantida pelo Sebrae/SC, foi escolhido pela startup Birdie, que tem sede na Califórnia (EUA) e em São Paulo, para acelerar seu desenvolvimento durante a 4ª rodada do Programa Samsung Creative Startups. O programa da Samsung, que seleciona incubadoras e startups, é resultado de uma parceria entre a multinacional sul-coreana Samsung, a Associação de Entidades Promotoras de Empreendimentos Inovadores (Anprotec) e o Centro Coreano de Economia Criativa e Inovação (CCEI). A incubadora MIDITEC está com inscrições abertas de seu processo seletivo para startups até o dia 23 de junho, no site: http://bit.ly/miditec_inscrição2019

Para esta nova edição, a Samsung realizou, pela primeira vez, um bootcamp com os empreendimentos pré-selecionados: 20 startups participaram em São Paulo e outras 12 em Manaus. Após essa fase, a foram selecionadas 12 finalistas, que passaram a integrar o programa. Com relação às incubadoras, foram 22 incubadoras pré-selecionadas e 8 escolhidas para integrar a 4ª edição do programa, focando em auxiliar as startups em seus processos de escalada. Para Natália Ferreira, coordenadora do MIDITEC, é muito importante o MIDITEC ter sido selecionado, tanto para integrar o programa da Samsung, quanto para incubar uma startup de fora do Brasil. "A participação do MIDITEC no Programa Samsung Creative Startups vem como uma forma de consolidar as ações de ampliação da atuação da incubadora para além do estado de Santa Catarina, não só em âmbito nacional, mas também internacional", comenta Natália.

Focada na área de IA (Inteligência Artificial) abarcada pelo programa da Samsung, a startup Birdie, plataforma social de descoberta de produtos, foi uma das selecionadas. A empresa, que tem unidades em Palo Alto, na Califórnia, e em São Carlos (SP), conta hoje com 13 colaboradores e tem atuação voltada para o mercado estadunidense. "Nós percebemos a necessidade de otimizar o tempo gasto pelos usuários do e-commerce na etapa de descoberta e busca por produtos que desejam comprar, tanto no Brasil como nos Estados Unidos, e resolver este problema anterior à decisão de compra", explica Patrícia Osorio, cofounder e CMO da Birdie. Com o objetivo de trazer confiança, segurança e informação para o consumidor, de modo a acelerar seu processo de decisão, a empresa aplica machine learning para consolidar diversas fontes de informação, comparar opções de produtos do mercado e mostrar estes resultados de forma clara e rápida, além de estimular que os usuários construam uma rede de confiança na plataforma, solicitando a opinião de amigos e conhecidos para tomar a decisão.

Deixe seu comentário