Tour de France aperfeiçoa aplicações de análises de dados

0
12

A Dimension Data e a Amaury Sport Organisation (A.S.O.) anunciam melhorias significativas na plataforma para análise de grande volume de dados (Big Data) de ciclismo que fornecerá informações em tempo real para espectadores, comentaristas e times de atletas durante o Tour de France 2016, que começa a partir de 2 de julho.

O destaque das inovações é o Race Center, uma aplicação baseada na cloud da Dimension Data que combina dados, vídeos, fotografias, redes sociais e comentários ao vivo da corrida, com um novo site de rastreamento para dar aos espectadores uma experiência digital imersiva que vai além da cobertura televisiva da competição.

O Race Center será o hub digital da A.S.O. daqui para frente e o site Live Tracking é prova da evolução das plataformas da Dimension Data para coleta, análise e digitalização em tempo real de Big Data ao longo dos últimos 12 meses.

Os espectadores serão capazes de obter informações muito mais valiosas e precisas de cada um dos 198 corredores dos 22 times do Tour de France, incluindo; velocidade dos atletas, distância entre cada um deles, composição dos pelotões de corrida, velocidade e direção do vento, assim como previsão das condições climáticas.

Muitas das novas tecnologias que foram testadas na corrida do ano passado estão agora prontas para produção e apresentam melhorias significativas em todas elas. Neste ano, os sensores de telemetria, instalados embaixo do assento de cada competidor, que são responsáveis por transmitir dados ao vivo – como posição e velocidade dos atletas -, apresentam dez vezes na capacidade de transmissão, resultando em mais comunicação ininterrupta e continuada ao longo da corrida.

O big data truck da Dimension Data, veículo usado para acompanhar as diversas etapas do Tour de France e equipado com tecnologias para coletar, analisar e compartilhar os dados da corrida em tempo real, também foi melhorado e ampliado para acomodar vários gráficos de televisão, a coordenação da corrida, bem como os times de captura e análise de dados responsáveis por entregar a solução completa de dados no Tour de France 2016. Esta é uma das maiores mudanças desde o ano passado, no qual cada equipe trabalhou separadamente, e dá continuidade ao modelo de colaboração e integração de dados, possível graças aos avanços nas tecnologias apresentadas.

"As melhorias para as soluções deste ano significam que podemos contar histórias melhores e mais detalhadas, à medida que elas acontecem, dando aos espectadores, à imprensa, aos fãs de ciclismo e comentaristas da corrida, insights profundos em alguns aspectos do esporte que até então não estavam disponíveis", afirma Adam Foster, executivo do grupo de Práticas Esportivas da Dimension Data. "Este ano, estamos trabalhando com uma abrangência muito maior de dados, o que significa acesso a informações mais significativas da corrida, das rotas da competição, dos ciclistas e das condições atuais do clima. O que é interessante este ano é a habilidade de entregar todas essas informações à A.S.O. por meio de uma plataforma unificada. Isto torna a qualidade dos dados muito mais valiosa para o engajamento dos espectadores, e se comunica diretamente com a geração de jovens e fãs do ciclismo que confiam nas novas tecnologias, como mídias sociais e vídeos ao vivo, para se conectarem com seu mundo."
De acordo Christian Prudhomme, diretor do Tour de France, o crescimento sem precedentes de diferentes canais de mídia social, como Instagram, Twitter, Facebook e vídeos ao vivo na competição do ano passado, exigiu a adoção e melhoria dessas tecnologias para os espectadores modernos. "O Tour de France é um evento emblemático no mundo moderno e é natural darmos aos nossos espectadores acesso a conteúdos, entretenimento e análises da maior qualidade possível através das mídias que utilizam todos os dias", afirma. "Em parceria com a Dimension Data, estamos trabalhando em novas maneiras de atrair nossos bilhões de espectadores, e estamos animados para mostrar o resultado dos nossos esforços por meio do Race Center."

"Acredito que o acesso múltiplo em tempo real a vídeos, mídias sociais e informações ao vivo da corrida, em uma plataforma responsiva e intuitiva, vai melhorar muito a qualidade de cobertura do Tour de France, e se tornará uma companheira do maior evento televisionado ao vivo do mundo."

Deixe seu comentário