RCGI da Poli-USP implementa cluster de alto desempenho em parceria com a Versatus HPC e Dell

0
118

A Poli-USP (Escola Politécnica da Universidade de São Paulo) implementou, juntamente com a Versatus HPC, um cluster de alto desempenho da Dell Technologies, para ser utilizado dentro do projeto STMI do programa de Geofísica do RCGI (Research Centre for Gas Innovation).

O projeto, que teve início em 2018, tem como objetivo principal desenvolver a plataforma computacional que permitirá que um conjunto de tecnologias de software para simulação numérica e solução de problemas de inversão, com foco específico em aplicações em processamento sísmico, rode com o máximo desempenho.

A utilização dessa solução também tem como foco atingir um maior nível de automatização na discretização espacial do domínio, por meio da geração e adaptação de malhas, que é uma tarefa que atualmente consome muitas horas de trabalho humano. O objetivo é atingir um estágio onde, fornecidos dados do campo de velocidade, uma malha adequada seria gerada de forma totalmente automática, reduzindo a interferência humana a casos excepcionais.  Por fim, modernas tecnologias de compiladores serão empregadas para gerar códigos altamente otimizados para plataformas de computação que irão de supercomputadores a sistemas na nuvem.

A implementação do cluster foi realizada em duas etapas: 1. Instalação física e elétrica dos equipamentos, seguido da instalação do stack de softwares base da Versatus HPC – esta fase é feita com o  OpenCATTUS, um orquestrador de cluster desenvolvido e mantido pela Versatus. Com ele, é feita a provisão do Head Node (nó de controle) e os Compute Nodes (nós de cálculo) são gerenciados. Após esta fase, os equipamentos em conjunto já são um cluster HPC completo e funcional. 2. Instalação das aplicações cientificas – esta etapa é um dos grandes diferenciais da Versatus HPC, onde é realizada a instalação das aplicações que os usuários utilizarão. Finalizado este passo, entrega-se um cluster HPC pronto para as pesquisas serem iniciadas. 

O cluster possibilitou o acesso a uma diversidade de hardware de última geração aos pesquisadores do grupo, que podem realizar pesquisa de ponta em nível mundial. Esse fato recoloca a Poli no cenário mundial de computação de alto desempenho aplicada a problemas de engenharia, incluindo o setor de óleo e gás. Atualmente, mais de 60 pesquisadores de diversas unidades da USP utilizam o equipamento.

O nome Mintrop é uma homenagem a Ludger Mintrop (18 de julho de 1880 – 1 de janeiro de 1956), um geofísico e engenheiro de minas alemão. Mintrop é considerado o inventor do método sísmico para exploração de hidrocarbonetos e minerais (Patente 1916), por meio do método de refração sísmica.

Deixe seu comentário