Serviço propõe negociação online de acordos trabalhistas entre advogados, trabalhadores e empresas

0
0

Em tempos de aumento de demissões, o TST divulgou recentemente o número recorde de 2,6 milhões de novas ações trabalhistas em 2015. O total de processos trabalhistas em estoque em 2014 era de mais de 4 milhões. O custo médio de carregamento disso para empresas naquele ano ultrapassou os R$ 9 bilhões. Quanto mais o processo fica pendente, mais caro se torna para empresas e Judiciário. Por isso, o acordo vem sendo estimulado a ser atingido o quanto antes, inclusive via meios eletrônicos.

Diante desse cenário, acaba de ser lançada uma nova forma de negociação online, via aplicativo para celular, tablet ou web, para realização de acordos nos processos trabalhistas, entre advogados, trabalhadores e empregadores: o Concilia Brasil.

concilia

"O Concilia Brasil é um sistema que tem como objetivo facilitar acordos nos processos trabalhistas, sem a necessidade de contato pessoal ou de terceiros, por meio da autocomposição, em um ambiente neutro, seguro, cooperativo e de fácil integração. Sendo possível atingir, de forma mais eficaz, a solução do litígio pelo acordo, com significativa redução de tempo e custo", explica Ivan Oréfice, diretor da empresa.

Primeira solução desse tipo no Brasil, está disponível 24 horas por dia, de forma ininterrupta, com segurança, privacidade e sigilo de acesso personalizado e criptografado. Os advogados das empresas e dos trabalhadores reclamantes fazem toda a negociação online até a chegada de um acordo, o que proporciona benefícios para todas as partes.

Para os advogados, oferece agilidade e permite maior produtividade, com a possibilidade de atingir metas estabelecidas. Para as empresas que recebem ações trabalhistas, garante maior controle, com relatórios de desempenho para cada processo trabalhista, e previsibilidade nos desembolsos. Já para os trabalhadores que movem ações trabalhistas, a plataforma permite o recebimento das verbas indenizatórias em menor tempo, proporcionando contato imediato e permanente com a parte contrária por meio de seu advogado.

Segundo Oréfice, a Justiça do Trabalho também se beneficia da proposta do Concilia Brasil. "O último levantamento do Conselho Nacional da Justiça mostra que cada magistrado na área trabalhista tinha no final de 2014 mais de 2.400 processos para julgar. E essa carga, que já é sobre-humana, só tende a crescer cada vez mais. O acordo é muitas vezes a única maneira de se encerrar um processo. Principalmente em primeira instância, pois é nessa fase que a Justiça é 'inchada' e que muitos custos podem ser evitados", destaca.

Apresentações prévias junto a empresas e advogados apontam que o Concilia Brasil tem o potencial de reduzir o tempo de tramitação dos processos para até um mês no máximo. Oferecendo uma solução mais rápida para os litígios, diminuindo o passivo das empresas e proporcionando agilidade para os advogados, além de contribuir para desafogar a Justiça Trabalhista.

Deixe seu comentário