TI INSIDE Online -

RSS Feed Compartilhe TI INSIDE Online no Facebook Compartilhe TI INSIDE Online no Twitter Compartilhe TI INSIDE Online no Google+ Compartilhe TI INSIDE Online no Linkedin

Hitachi Vantara revela estratégia para ampliar atuação em analytics e serviços de nuvem

Postado em: 09/10/2019, às 22:25 por Claudiney Santos, de Las Vegas, EUA*

Com a participação de cerca de 8 mil clientes, parceiros e colaboradores, a Hitachi Vantara, subsidiária de tecnologia do gigante grupo japonês Hitachi Ltd, revelou sua estratégia que busca ampliar sua participação no mercado de negócios digitais para grandes empresas, com o lançamento de novas soluções endereçadas ao mundo de internet das coisas, gerenciamento de nuvens e plataformas analíticas de dados.

No evento NEXT 2019, que começou nesta quarta-feira, 9, em Las Vegas, Estados Unidos, Toshiaki Higashihara, CEO e presidente do grupo Hitachi Ltd., disse que o objetivo da empresa é desenvolver soluções não só para negócios, mas também que beneficiem e sociedade, o que chamou de Social Innovation.

Como exemplo, mencionou as soluções desenvolvidas para a Particle Beam Therapy, dedicada à medicina personalizada; para uma linha de trem em Londres que reduziu de 83 para 37 minutos seu tempo de percurso; com a American Heart Association, que trabalha com medicina de precisão; com a parceria anunciada no evento, com os parques da Disney.

Ele considera que a tecnologia está cada vez mais complicada, com desafios para a sociedade sem precedentes, mas também que geram oportunidades, "motivo pelo qual estamos abertos a trabalhar em cocriação com nossos parceiros". A empresa também anunciou a criação da Hitachi Ventures, para apoiar projetos de startups em estágios iniciais.

DataOps

Brad Surak, chief product e strategist officer da Hitachi Vantara, explicou que estratégia DataOps, anunciada no evento, "vem em resposta às empresas que estão procurando agilidade, escalabilidade, sair de processos manuais e de silos, procurando trabalhar com dados de qualidade, para obter uma operação inteligente. Muitos desses mesmos desafios estão hoje no centro das atenções, com as empresas continuando a fazer a grande pergunta: "o que posso fazer para monetizar meus dados?"  Para responder essa questão, a Hitachi Vantara acredita que o DataOps é a próxima grande onda a atingir o setor de TI, pois pode liberar todo o potencial dos dados para apoiar as decisões de negócios. Segundo dados da IDC – as pessoas geraram 33ZB de dados em 2018, mas apenas 2,5% foram realmente analisados.

Segundo a empresa, "hoje, estamos nos estágios iniciais da jornada do DataOps, portanto é compreensível que ainda restem muitas perguntas a serem respondidas". Muitas organizações têm potencial de análise de dados, Inteligência Artificial (IA) e novos modelos de negócios digitais para transformar suas operações, porém as ferramentas e processos de gerenciamento de dados não acompanham o ritmo e a complexidade moderna. 

Para isso, a plataforma conta com um conjunto de serviços de software que ajuda os clientes a gerenciar ecossistemas de dados cada vez mais massivos e complexos, juntamente com outras tecnologias da Hitachi Vantara para armazenamento de objetos, integração de dados e análise como a Hitachi Content Platform (HCP) e Lumada. Os usuários podem governar e gerenciar todos os ativos de dados (estruturados e não estruturados, data center, e em nuvem), como no caso de IoT, por exemplo. Em 2017, a Hitachi anunciou a plataforma Lumada para abordar as oportunidades de inovação possibilitadas pelos dados e Internet das Coisas.  Desde então, a plataforma gerou quase US$ 10 bilhões em receita. 

Outra novidade anunciada no NEXT 2019, foi portfólio de serviços em nuvem da empresa, que inclui migração em nuvem pública ou privada, modernização de aplicativos legados, serviços gerenciados de operações e consultoria. Ela teve origem com a compra da REAN Cloud, em 2018, que adicionou recursos e conhecimento da equipe de profissionais que já trabalhava com migração de nuvem e modernização de aplicativos. Agora, esses recursos foram totalmente integrados ao portfólio de serviços em nuvem Hitachi Vantara, para que o cliente tenha liberdade de escolha, para implantação mais rápida, melhorias e eficiências operacionais com custo competitivo.

Ele pode escolher em manter aplicativos on premisses, caso não justifiquem a migração, ou levá-los para uma nuvem AWS, Azure, Google Cloud, ou mesmo para multicloud, com modernização de aplicativos, suporte de migração, serviços gerenciados para otimizar a administração de recursos de quaisquer das nuvens que o cliente escolher.

Armazenamento

A Hitachi Vantara também anunciou uma nova geração de storages, que permite a expansão para cargas de trabalho escaláveis. Entre as soluções, o Hitachi Virtual Storage Platform (VSP) Série 5000 – mais recente e mais rápida matriz de armazenamento de classe enterprise, juntamente com o novo software de gerenciamento, o Hitachi Ops Center e o sistema operacional Hitachi Storage Virtualization Operating System (SVOS).

Uma plataforma orientada à inteligência artificial, 4 vezes mais rápidas em casos falhas, redução de 80% nas tarefas de automação e 7 vezes mais eficiente em tarefas de deduplicação.

"A série VSP 5000 é uma plataforma de armazenamento virtual que oferece aos clientes uma vantagem digital significante em relação à concorrência", comentou Surak. A Hitachi Vantara está fornecendo a base para inovações em infraestrutura corporativa que nossos clientes exigem, com novas soluções projetadas e usando tecnologia de ponta para enfrentar os desafios do data center do futuro", enfatizou.

*Claudiney Santos viajou a Las Vegas a convite da empresa.

RSS
Facebook
Twitter
LinkedIn

Tags: , , , , , , , , , ,

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Nome (obrigatório)

E-mail (não será mostrado) (obrigatório)

Website

Mensagem (obrigatório)

Top
Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial