TI INSIDE Online -

RSS Feed Compartilhe TI INSIDE Online no Facebook Compartilhe TI INSIDE Online no Twitter Compartilhe TI INSIDE Online no Google+ Compartilhe TI INSIDE Online no Linkedin

Schneider Electric define soluções de infraestrutura física para Edge Computing

Postado em: 28/05/2018, às 19:49 por Redação

A Schneider Electric acaba de anunciar sua estratégia e portfólio para apoiar empresas, e prestadores de serviço e nuvem, que procuram implementar recursos de "Edge Computing" no Brasil. Suas implementações apresentam desafios exclusivos que diferem dos de Data Centers tradicionais, que frequentemente são remotos e sem suporte de pessoal de TI local. Isso significa que precisam de uma estratégia diferente, já que seu ciclo de vida é mais longo e devem ser fáceis de administrar, proteger e implementar, além de serem flexíveis.

"Para atender os requisitos de TI atuais e do futuro, estão descentralizando mais  capacidade de processamento de dados para  o Edge Computing", afirma Kevin Brown, vice-presidente de Estratégia e Tecnologia de Data Centers da Schneider Electric. "Com desafios como a Internet das Coisas (IoT), o conteúdo de alta largura de banda e aplicações sensíveis à latência, que impulsionam esse movimento, a Schneider Electric oferece soluções e serviços que atendem as necessidades desses ambientes".

Como parte de sua estratégia, a companhia descreveu os cinco ambientes afetados por implementações de vanguarda e os recursos e infraestrutura da empresa projetados para suportá-los:

Data Center de colocation/cloud regional: em que o uso de conteúdo de alta largura de banda e aplicações sensíveis à latência estão impulsionando o crescimento desses domínios. Para suportar este tipo de ambiente, a arquitetura InfraStruxure da Schneider Electric e os módulos pré-fabricados permitem uma construção rápida, flexível e modular de um Data Center regional, para um prazo acelerado de construção, comercialização e baixos custos operacionais.

Instalações remotas e filiais: especialmente nos setores de varejo e financeiro, em que os serviços de TI estão sendo implementados para enriquecer a experiência do cliente. O NetShelter SX da Schneider Electric oferece soluções seguras, confiáveis e administradas a distância para estes locais remotos.

Salas de servidores: onde as aplicações devem ser hospedadas no local por diversas razões, como latência, segurança e flexibilidade de desenvolvimento. Cada vez mais, estas aplicações estão sendo alojadas em uma infraestrutura convergente e hiperconvergente, que simplifica a implementação e o funcionamento da infraestrutura de TI. Para proteger esse ambiente, os Micro Data Centers pré-fabricados em conjunto com a solução InfraStruxure da Schneider Electric oferecem facilidade de administração, segurança e escalabilidade.

Salas de rede: onde a conexão confiável dos colaboradores, com todos os seus recursos de TI nunca foram tão críticos para a produtividade da empresa. O pessoal desses ambientes pode utilizar as soluções integradas e o software de gerenciamento de Data Centers, o StruxureWare da Schneider Electric, para simplificar o gerenciamento de instalações distribuídas e garantir que sejam identificadas possíveis falhas nos equipamentos, riscos de segurança e problemas ao meio-ambiente, antes que causem paradas com inatividade.

Instalações industriais: onde as aplicações estão cada vez mais conectadas e alavancam dados para operar e otimizar seus processos. Essa convergência da TI com a TO (tecnologia operacional) requer que os equipamentos tradicionais sejam instalados em ambientes potencialmente agressivos. Para atender esses locais, o SmartBunker FX da Schneider Electric fornece soluções reforçadas, gerenciadas remotamente para alojar com segurança equipamentos de controle industrial e de TI.

RSS
Facebook
Twitter
LinkedIn

Tags: , , , , , , ,

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Nome (obrigatório)

E-mail (não será mostrado) (obrigatório)

Website

Mensagem (obrigatório)

Top
Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial