TI INSIDE Online -

RSS Feed Compartilhe TI INSIDE Online no Facebook Compartilhe TI INSIDE Online no Twitter Compartilhe TI INSIDE Online no Google+ Compartilhe TI INSIDE Online no Linkedin

Tecnologia australiana permite acompanhar jogos olímpicos em 3D

Postado em: 26/07/2016, às 19:49 por Redação

Durante as Olimpíadas do Rio, fãs de esportes outdoor como ciclismo de estrada, maratona e triatlo poderão conhecer o percurso dos atletas em vídeos de realidade aumentada. A versão 3D das rotas que serão percorridas pelos atletas durante as competições foi criada pela startup australiana Doarama e traz ao público dados como velocidade, altitude e relevo, para que ele próprio vivencie a experiência do esportista. Criada em 2013, a plataforma é fruto da parceria do ator hollywoodiano Chris Cooper, que queria visualizar em 3D suas corridas de bicicleta, e a Data61, braço da CSIRO, órgão nacional de pesquisas cientificas da Austrália. A empresa fez sucesso durante o Tour da França deste ano, inovando a maneira de acompanhar competições esportivas.

O software Doarama foi desenvolvido com foco em atividades terrestres que requerem  do praticante  noção do terreno, obstáculos, entre outras variáveis que interferem na prova.  Para o engenheiro de software da Data61, Pete Field, responsável pelo desenvolvimento do programa, o uso da plataforma para acompanhar esportes outdoor e radicais é apenas uma das utilidades da Doarama. "Praticantes de wingsuit, paraquedas e parapente, além de compartilhar vídeos em 3D de suas aventuras, utilizam a plataforma para  reunir dados estatísticos e melhorar seu desempenho". Versátil, a ferramenta também começou a ser utilizada por pesquisadores para acompanhar a rota de imigração de algumas espécies de pássaros.

Atualmente são mais de 800 mil vídeos disponíveis no site da Doarama e diversas modalidades que dão ao público a possibilidade de participar das experiências vivenciadas pelos esportistas. "Todo conteúdo gerado é interativo, os espectadores podem mover o vídeo para ver melhor o terreno. Organizadores de grandes eventos esportivos e atletas podem utilizar os dados para um melhor preparo ou treino. São várias as possibilidades. E isso tudo disponível on-line, compartilhado nas redes sociais", ressalta Fields.

De maneira prática, os vídeos são gerados a partir do upload das rotas de GPS salvas durante a atividade (isso pode ser feito em alguns app´s específicos para esportes). Depois de pronto, o conteúdo fica salvo no site e é possível compartilhar nas redes sociais ou até mesmo disponibilizá-lo em outro website.

Os trajetos das competições olímpicas estão disponíveis no site da Doarama e mostram detalhes do percurso como terreno, altitude, relevo, distância e o tempo médio que deve ser percorrido pelo atleta.

RSS
Facebook
Twitter
LinkedIn

Tags: , , , , , ,

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Nome (obrigatório)

E-mail (não será mostrado) (obrigatório)

Website

Mensagem (obrigatório)

Top
Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial