TI INSIDE Online -

RSS Feed Compartilhe TI INSIDE Online no Facebook Compartilhe TI INSIDE Online no Twitter Compartilhe TI INSIDE Online no Google+ Compartilhe TI INSIDE Online no Linkedin

Mobilidade e automação impulsionam e-mail marketing, aponta relatório

Postado em: 14/08/2013, às 17:07 por Ana Lúcia Moura Fé

Um em cada três e-mails enviados na América do Norte durante o primeiro trimestre de 2013 foram abertos. Por trás desse número — o maior na história recente, segundo a eMarketer – estão os dispositivos móveis, que permitem acesso a e-mails a partir de qualquer lugar e a qualquer hora do dia, e a automação de marketing para e-mails direcionados.

A informação consta de relatório da consultoria eMarketer sobre as principais métricas e tendências em e-mail para este ano.

Os consultores destacam que, em fevereiro último, pesquisa da Blue Hornet mostrou que 71,8% dos usuários de e-mail dos Estados Unidos, com idades entre 24 e 40 anos, liam seus e-mails pessoais durante todo o dia.

Eles também mencionam estudo da Knotice que revela que celulares e tablets, combinados, responderam por 41,1% das aberturas de e-mails nos EUA durante o segundo semestre de 2012, contra 27,4% no segundo semestre de 2011 (Veja Quadro abaixo.)

Os analistas observam que, embora o desempenho da taxa de abertura sugira um aumento do nível de engajamento inicial com o e-mail, dados da Experian Marketing Services apontam declínio de conversões entre o primeiro trimestre de 2012 e igual período de 2013.

Segundo a Experian, as taxas de click-to-open e de transaction-to-click caíram ano a ano 9,6% e 15,6%, respectivamente. Por outro lado, apesar de menos cliques resultando em compras, o tamanho médio de pedidos aumentou cerca de US$ 23.

Por fim, a eMarketer chama atenção para a eficácia de estratégias que combinam personalização com automação de marketing via triggered e-mails (e-mails gerado com base em um comportamento ou resposta do consumidor, permitindo que o anunciante envie mensagens relevantes, oportunas e personalizadas.)

De fato, dados de outubro de 2012 da Experian revelam que, nos EUA, os e-mails de marketing que observaram simultaneamente os dois conceitos (personalização e trigger e-mail marketing) resultaram em 29,2% de taxas de clique, em comparação com 23,3% para os e-mails que consideraram o comportamento do cliente, mas não a personalização.

EUA - taxa de abertura de e-mail marketing

(Com informações de MediaPost/ResearchBrief

Image courtesy of nokhoog_buchachon at FreeDigitalPhotos.net

RSS
Facebook
Twitter
LinkedIn

Tags: , , , , , , , , , , ,

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Nome (obrigatório)

E-mail (não será mostrado) (obrigatório)

Website

Mensagem (obrigatório)

Top
Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial