TI INSIDE Online -

RSS Feed Compartilhe TI INSIDE Online no Facebook Compartilhe TI INSIDE Online no Twitter Compartilhe TI INSIDE Online no Google+ Compartilhe TI INSIDE Online no Linkedin

Ações da Accenture sobem 7%, impulsionadas pelo forte resultado no segundo trimestre fiscal

Postado em: 26/03/2015, às 15:34 por Redação

Os papéis da Accenture estão entre os que lideram as altas da Nasdaq na tarde desta quinta-feira, 26, impulsionados pelos resultados financeiros acima das estimativas trimestrais feitas pelos analistas de mercado e a elevação das projeções de crescimento da receita no ano. As ações da companhia, que abriram o pregão cotadas a US$ 88,21, estavam sendo vendidas a US$ 94,28 às 14h43 (horário de Brasília), alta de cerca de 7%. Elas atingiram o pico às 11h31, quando foram negociadas a US$ 94,81.

A consultoria de gestão, serviços de tecnologia e outsourcing elevou as expectativas de crescimento da receita para o ano fiscal, pela segunda vez, para algo entre 8% e 10%, ante a projeção anterior de crescimento de 5% a 8%. No ano fiscal passado, a receita da empresa cresceu entre 4% e 7%. No entanto, devido às oscilações da moeda americana no mercado internacional, ela reduziu a sua previsão de lucro por ação para o ano de US$ 4,80 para US$ 4,76.

A Accenture divulgou na manhã desta quinta-feira os resultados financeiros do segundo trimestre do ano fiscal de 2015, encerrado em 28 de fevereiro passado, e o acumulado nos primeiros seis meses do exercício fiscal. O lucro no segundo trimestre totalizou US$ 743 milhões, alta de 3% na comparação com os US$ 722 milhões registrados um ano antes. No acumulado dos primeiros seis meses do ano fiscal, o lucro cresceu 6,5%, de US$ 1,53 bilhão para US$ 1,63 bilhão.

A receita da consultoria no segundo trimestre fiscal totalizou US$ 7,93 bilhões, o que representa um aumento de 5% em relação aos US$ 7,56 bilhões contabilizados em igual período do exercício fiscal anterior. Nos primeiros seis meses do ano fiscal de 2015, a receita somou US$ 16,2 bilhões contra US$ 15,3 bilhões, alta de cerca de 6%.

Para o trimestre atual, a empresa projeta receita entre US$ 7,35 bilhões e US$ 7,6 bilhões. A estimativa de analistas é que a receita atinja US$ 7,62 bilhões no período.

Em conferência com analistas, o presidente do Conselho de Administração e CEO da Accenture, Pierre Nanterme, se disse extremamente satisfeito com os resultados. "O nosso crescimento de receita de 5% no segundo trimestre foi de novo devido às dimensões do nosso negócio, e ganhamos participação de mercado significativa. Entregamos excelentes resultados e novas reservas de US$ 9,4 bilhões, demonstrando que nossos serviços continuam a ser altamente relevantes para os nossos clientes."

RSS
Facebook
Google+
http://tiinside.com.br/tiinside/26/03/2015/acoes-da-accenture-sobem-7-impulsionadas-pelo-forte-resultado-no-2o-trimestre-fiscal/
Twitter
LinkedIn

Tags: , , , ,

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Nome (obrigatório)

E-mail (não será mostrado) (obrigatório)

Website

Mensagem (obrigatório)



Top
Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial