TI INSIDE Online -

RSS Feed Compartilhe TI INSIDE Online no Facebook Compartilhe TI INSIDE Online no Twitter Compartilhe TI INSIDE Online no Google+ Compartilhe TI INSIDE Online no Linkedin

Unesp São José do Rio Preto participa de projeto mundial que mede qualidade da Internet

Postado em: 24/09/2016, às 09:29 por Claudiney Santos

Desde o último dia 15 de setembro, o Laboratório ACME! Cybersecurity Research da Unesp de São José do Rio Preto passou a fazer parte do Projeto ATLAS do RIPE – Regional Internet Registry Europe.

unesp-atlas

Rede do Projeto Atlas do RIPE

O Atlas RIPE é um sistema de coleta de dados de Internet mundial que utiliza uma rede global de dispositivos de hardware, chamados de "sondas", e que medem continuamente a conectividade com a Internet, de forma ativa. O propósito principal é medir a qualidade da Internet no mundo todo.

A Unesp é a primeira grande rede de uma universidade do Brasil a participar do projeto, que envolve cerca de 9.600 sondas ao redor do mundo, sendo cerca de 70 delas no Brasil, a maioria hospedada em empresas de telecomunicações e grandes provedores de Internet.

O RIPE  tem sedes na Holanda e Dubai e é  uma organização sem fins lucrativos que atua  como entidade de registro e governança, apoiando a comunidade de Internet na Europa, Oriente Médio e Ásia Central.

Qualquer pessoa pode acessar esses dados através de mapas de tráfego na internet e de registros de qualidade  mundial. Os participantes da rede ATLAS também podem realizar medições e pesquisas personalizadas para obter dados valiosos sobre suas próprias redes. Os participantes do projeto Atlas são grandes provedores de serviços de Internet, organizações de telecomunicações e grandes corporações.

unesp-atlas-jpg2

Equipamento Atlas Probe

O grupo de pesquisa do Laboratório ACME! Cybersecurity da Unesp de São José do Rio Preto , coordenado pelo prof. dr. Adriano Mauro Cansian, se credenciou para participar do projeto, foi aprovado e recebeu gratuitamente um equipamento chamado "Atlas Probe", que permite a coleta de informações de tráfego e a participação no projeto, bem como autorização de acesso aos dados mundiais da pesquisa.

A equipe pretende utilizar as medidas para realizar pesquisas sobre questões que envolvem a segurança e a estabilidade da Internet em nível mundial, bem como capacitar seus pesquisadores e alunos a atuarem avaliação de redes de missão crítica.

RSS
Facebook
Twitter
LinkedIn

Tags: , , , , , ,

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Nome (obrigatório)

E-mail (não será mostrado) (obrigatório)

Website

Mensagem (obrigatório)

Top
Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial