TI INSIDE Online -

RSS Feed Compartilhe TI INSIDE Online no Facebook Compartilhe TI INSIDE Online no Twitter Compartilhe TI INSIDE Online no Google+ Compartilhe TI INSIDE Online no Linkedin

Data Center da Telefônica Vivo conquista grau máximo de certificação de disponibilidade

Postado em: 06/03/2015, às 17:12 por Redação

O Data Center Tamboré, SP, da Telefônica Vivo, conquistou a Certificação Tier Operational Sustainability Gold, o grau máximo de certificação para uma operação do gênero. O título transforma a unidade no primeiro Data Center Tier III da América Latina e sexto no mundo, com um dos escores mais altos já alcançados: 99,36 em 100 (nota máxima atingível). A certificação foi concedida pelo Uptime Insitute, órgão internacionalmente de classificação técnica.

Tal certificação confere e classifica o grau de excelência da operação nas instalações críticas de um data center, avaliando sua sustentabilidade operacional e confiabilidade.  Assim, define e verifica os comportamentos e riscos que impactam na capacidade do data center de atender aos níveis de disponibilidades esperados para a infraestrutura no longo prazo.

O Data Center da Telefônica Vivo em Tamboré já tinha conquistado a classificação Tier III nas fases de projeto e construção, em níveis de contingência e flexibilidade de execução de manutenções sem afetar as operações de TI. O prédio da unidade foi projetado e construído para atingir um nível de disponibilidade de 99,982%.

Para operar e gerir instalações de tal complexidade e atingir os níveis de disponibilidade projetados são necessários processos muito bem estruturados e equipe preparada para tal. Nesse sentido, a Certificação Tier Operational Sustainability avalia 31 processos com 89 subitens, como planejamento e execução da manutenção e operação das instalações e equipamentos; grau de especialização e treinamento da equipe; gestão de contratos de suporte; gestão de custos; gestão de obsolescência; treinamento e reciclagem dos profissionais; planos de crises; políticas de segurança; melhores práticas; gestão de capacidade; gestão de riscos; planos de comunicação e interface com outras áreas.

O Data Center Tamboré foi pensado desde o início para ser sustentável. Em sua construção, com madeiras certificadas e captação de água de chuva para utilização em sanitários e limpeza em geral, foi o primeiro projeto da América Latina a receber a certificação internacional LEED Gold, outorgada pela U.S. Green Building Council, organização não governamental norte-americana que colabora no desenvolvimento da indústria de construção sustentável no mundo.

Usualmente, metade da energia gasta em data centers é utilizada em iluminação e para refrigeração dos ambientes e equipamentos de TI. Já o Data Center Tamboré conta com sistemas e equipamentos que consomem 40% menos energia que os tradicionais, e chegando a alcançar um PUE (Power Usage Effectiveness) de 1,48 (benchmarking para condições operacionais e climáticas de nosso país). Além disso, conta com um sistema de automação predial (BMS) totalmente integrado, utilização de lâmpadas de LED, sensores de presença, ar condicionado de conforto controlado por ambiente, com programação horária e monitoração dos níveis de gás carbônico. Já nos ambientes de produção, conta com equipamentos de ar condicionado de precisão trabalhando em rede, o que auxilia a atingir o máximo de eficiência energética no edifício.

Tags: , , , , , ,

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Nome (obrigatório)

E-mail (não será mostrado) (obrigatório)

Website

Mensagem (obrigatório)



Top