Em um dia, Google recebe mais de 12 mil pedidos de exclusão de links de internautas

0
29

Em apenas um dia, logo após ter publicado, na sexta-feira, 30, um formulário que permite aos europeus pedirem para que os links com informações pessoais sejam apagados dos resultados de buscas, o Google recebeu 12 mil pedidos de internautas que querem ser "apagados", indicou um porta-voz da empresa a agências internacionais.

A resolução do Google foi tomada após o Tribunal de Justiça da União Europeia (TJUE) ter decidido, em 13 de maio, que os cidadãos europeus têm direito a serem "esquecidos" na internet, em resposta a um processo aberto em 2011 por um cidadão espanhol que se queixou à agência de proteção de dados da Espanha, após o gigante das buscas ter recusado seu pedido para eliminar informações pessoais exibidas em links para um anúncio no jornal espanhol La Vanguardia.

Nos primeiros dias após a decisão, que aplica-se a informações "inadequadas, não pertinentes ou já não pertinentes ou excessivas em relação ao objetivo pelo qual foram processadas tendo em conta o tempo decorrido", cerca de mil europeus pediram ao Google para apagar links com informações pessoais — que são processadas e armazenadas nos servidores da empresa —, sendo que cerca de metade dessas pessoas tinha condenações criminais e metade não.

Os cidadãos que solicitarem o direito a serem "esquecidos" nos resultados de buscas, no entanto, terão ter de anexar a cópia de um documento de identificação oficial, bem como explicar porque razão a informação que pretendem "apagar" é inadequada.

 

Deixe seu comentário