Burger King Brasil avança no plano de transformação digital e lança programa de fidelidade no app

0
144

O Burger King acaba de divulgar o que talvez seja a etapa mais ousada de seu plano de transformação digital no pais – um programa de fidelidade para os fãs da marca na mesma linha que hoje atuam empresas como a Smiles da GOL ou o Prime da Amazon. Chamado Clube BK, o programa será gratuito e terá por objetivo estreitar ainda mais o relacionamento da marca de fast-food com os mais de 150 milhões de consumidores que frequentam os restaurantes da rede no Brasil e dar um novo passo na sua estratégia de omni-canalidade.

Para o desenvolvimento do programa, o objetivo da marca é claro: diferente dos outros planos de recompensas existentes hoje no mercado, o BURGER KING se beneficia de um grande diferencial que hoje é desejo de todas as empresas que sonham em conhecer cada vez mais os hábitos dos consumidores: a alta frequência de compra. Enquanto passagens aéreas ou compras de eletrodomésticos acontecem de maneira pontual nos principais varejistas e companhias aéreas, o BK irá se beneficiar do seu enorme fluxo de visitação e compras.

Segundo dados da empresa, seus consumidores fiéis representam aproximadamente 15% da sua base de clientes totais e são responsáveis por mais de 50% de todo o seu volume. A identificação desses consumidores permitirá que a rede possa aprender seus hábitos e preferências, além de aumentar sua personalização e oferecer recompensas e ofertas exclusivas para aumentar a sua fidelidade com a marca.

O programa já nasce disponível em todo território nacional, integrado com todos os canais digitais da marca (app, totens de autoatendimento e, em breve, delivery próprio) e nas lojas físicas. A expectativa da empresa é de alcançar já no 1º ano mais de 7 milhões de participantes.

"Estamos bastante empolgados com mais essa etapa do nosso processo de transformação digital. Nossa estratégia abrange 3 pilares fundamentais para o nosso crescimento sustentável: conveniência, personalização e qualidade dos nossos produtos. Nosso time de Tecnologia vem trabalhando bastante nesses últimos 2 anos e o programa é resultado de pesquisas e do relacionamento digital da rede com nossos consumidores. Temos mais de 25 milhões de pessoas que já baixaram o nosso aplicativo aqui no Brasil e segundo a Sensor Tower nosso aplicativo já é o #1 em utilização mensal entre todas as redes de alimentação do pais – o que reforça nossa posição de liderança como a marca de fast food preferida dos brasileiros. Queremos engajar ainda mais nossos fãs com um relacionamento muito mais personalizado e próximo", conta Ariel Grunkraut, Vice-presidente de Vendas, Marketing e Tecnologia do Burger King do Brasil.

O Clube BK irá funcionar como um programa de acúmulo de pontos e resgate em produtos grátis ou descontos, onde cada R$ 1 real comprado é convertido automaticamente em 1 ponto. Ao se cadastrar no aplicativo oficial da marca, o cliente consegue acumular pontos comprando pelos canais digitais, como app e totens, ou informando seu CPF em lojas participantes. Para resgatar os prêmios, os consumidores podem consultar as lojas participantes diretamente no aplicativo, escolher seu produto e gerar um QR Code, que deverá ser apresentado ao atendente ou nos totens de autoatendimento. O Brasil é o 1º pais da rede de fast-food americana a lançar um programa de recompensas com essa escala.

O Clube BK irá se somar a um pacote de soluções tecnológicas voltadas para o cliente que o BURGER KING vem fazendo nos últimos anos, incluindo totens de autoatendimentos presentes atualmente em metade dos quase 900 restaurantes da rede no pais, pedidos diretos pelo app da rede sem a necessidade de pegar fila nas lojas, opções de pagamentos com carteiras digitais, pedidos por Whatsapp, delivery próprio entre outros. No final do ano passado a marca também anunciou o lançamento da 1ª ghost kitchen da rede no mundo com o objetivo de atender exclusivamente os pedidos de delivery.

Através desses canais, o BK espera poder criar ofertas individualizadas e a possibilidade de o consumidor pedir através de qualquer canal de relacionamento com a marca. As vendas digitais da rede, que já representam 22,7% da receita total da companhia no 3T20, contra 5,2% apurado um ano antes, devem continuar crescendo em 2021.

A rede também informou que continua constantemente testando novas alternativas de tecnologias e serviços disponíveis e que tem como ambição se tornar a empresa mais conectada digitalmente com seus consumidores no Brasil. No final do ano passado a rede ampliou o seu serviço de delivery – chegando agora em mais de 500 restaurantes em todos os principais agregadores – além disso, estão em testes a possibilidade de pagamento em drive-thru utilizando ConectCar e também a utilização de Inteligência Artificial para ajudar os atendentes a oferecer melhores combinações de sugestões de produtos adicionais para seus consumidores – utilizando dados como dia da semana, temperatura, região e histórico de compra. No final do ano passado, o BURGER KING foi eleito pelo Instituto Ibest a rede de restaurantes com maior relevância no universo digital do País, tanto pelo júri popular como pelo júri oficial.

Deixe seu comentário