Simpress descarta mais de meia tonelada de resíduos sólidos

0
43

A Simpress, provedora de outsourcing de equipamentos e soluções, conta com uma série de processos internos na sua cadeia para o descarte de toner, impressoras, efluentes e demais resíduos sólidos derivados da operação. Para que isso seja realizado da melhor maneira possível, a empresa conta com fornecedores que apoiam todo o procedimento de destinação correta dos resíduos sólidos e efluentes.

No ano passado, a Simpress realizou o descarte correto de 517.853 kg de resíduos de toner; 97.162 litros de resíduos efluentes derivados da limpeza da caixa d'água, lavagem de peças, lavagem de uniforme e limpeza da fossa séptica e 14.962 kg de resíduos sólidos, derivados de papel, plástico, metal, resíduos de EPI, lâmpadas, pilhas e baterias. Um processo delicado, no qual estamos em constante trabalho de aperfeiçoamento", explica Danielle Mendonca Baquini, gerente de Auditoria Interna, Qualidade e Meio Ambiente da Simpress.

Uma das estratégias da Simpress, que visa a sustentabilidade, está relacionada aos equipamentos que retornam dos clientes. Estes, passam por um processo de análise, que visa identificar o que pode ser reciclado, reaproveitado e o que deve ser destinado para revisão e posterior retorno ao parque. Esse processo é realizado na filial da Simpress localizada em Santana de Parnaíba (SP), onde toda a água residual e resíduos sólidos gerados dessa atividade são descaracterizados com o apoio de parceiros credenciados.

A Simpress fornece aos seus clientes um laudo assegurando que todo o descarte foi realizado de forma correta, seguindo a Lei 12.305. "Executamos várias ações focadas na responsabilidade social para o meio ambiente. Nenhum dos nossos produtos é destinado a aterros sanitários, procuramos sempre agir de forma responsável e colaborativa com o meio ambiente", afirma Danielle Baquini.

Recertificação ISO

Recentemente, a Simpress passou pelo processo de recertificação da ISO 14001, que tem uma série de normas desenvolvidas pela International Organization for Standardization, a qual estabelecem diretrizes para atuação da gestão ambiental, assim como a ISO 9001. Essa norma tem como objetivo garantir a otimização e melhoria contínua dos processos de preservação do meio ambiente.

"O descarte correto é mais um benefício do modelo de outsourcing de equipamentos, que possui em seu escopo processos definidos para cuidar das questões ambientais. As empresas estão cada vez mais atentas às questões de sustentabilidade, visando a responsabilidade com a comunidade e o meio ambiente", finaliza a Paulo Theophilo diretor de Marketing da Simpress.

Deixe seu comentário