Correios planejam criar e-mail seguro para brasileiros

0

BRASÍLIA — Os Correios já começaram a trabalhar na construção do projeto do e-mail seguro, encomendado pela presidente Dilma Rousseff, após denúncia que o governo americano estaria espionando os e-mails do governo brasileiro.

De acordo com o vice-presidente de Tecnologia e Infraestrutura dos Correios, Antônio Luiz Fuschino, neste momento, a empresa já desenvolve o plano de negócios. "O desenvolvimento do serviço é o passo seguinte", informou. O executivo também destacou que o sistema será baseado em uma plataforma completamente nova. A expectativa é que a oferta ocorra até o fim do primeiro semestre de 2014.

Em relação aos mecanismos de segurança previstos, o executivo revela que a base será a disponibilidade, integridade, confidencialidade e autenticidade. " Haverá autenticação segura, com dupla checagem, criptografia da base de dados, com algoritmo de alto desempenho e poder criptográfico; criptografia do canal entre o dispositivo do usuário e o servidor e replicação de bases de dados em sites distintos, o que irá garantir alta disponibilidade", informa.

Fushino também revela que há a possibilidade de que outras empresas do governo venham a participar do projeto. "Hoje, estamos conversando com o Serviço de Processamento de Dados do Governo Federal (Serpro)". Caso as partes entrem em um acordo, os Correios ainda irão definir o papel da empresa parceira no projeto. Embora não tenha mencionado, o novo serviço de nuvem lançado pelo Serpro este mês deverá ser considerado no processo, uma vez que o data center ficará hospedado no Brasil, um dos requisitos que já vinha sendo estudado pelo governo federal antes mesmo das denúncias de espionagem.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui