Huawei e UNESCO vão implementar projeto de Sistemas de Educação Digital na África

0
20

Em reunião online na quinta-feira, 25, a UNESCO e a Huawei anunciaram o lançamento da fase de implementação do projeto "Escolas Abertas para Todos" (em inglês Technology-Enabled Open Schools for All – TeOSS) em Gana, Etiópia e Egito.

Alinhado com o Quarto Objetivo de Desenvolvimento Sustentável da ONU (#SDG4), o TeOSS servirá de base para impulsionar a transformação digital do setor da educação e apoiar os três países, membros da UNESCO, na construção de sistemas educacionais sólidos, com a capacidade de resistir a crises globais como a COVID-19. A avaliação dos resultados do projeto ajudará na orientação de estratégias e modelos para a expansão do TeOSSat em níveis nacionais e na chegada do sistema em outros países africanos, a fim de impulsionar a integração das Tecnologias da Informação e Comunicação (TIC) no ensino.

Além de conectar escolas, o projeto em Gana, Etiópia e Egito proporcionará o acesso de professores e estudantes a ferramentas digitais, estabelece plataformas online para interligar a educação escolar e doméstica e desenvolve currículos digitais que podem ser acessados remotamente sem supervisão técnica. O objetivo é ajudar os estudantes a tornarem-se cidadãos digitais, capazes de navegar no mundo virtual de forma independente e trazer aos professores as competências necessárias para utilizar as ferramentas existentes para maximizar os resultados de aprendizagem.

"O projeto foi pensado para testar modelos de escolaridade que possam responder imediatamente aos novos desafios impostos pela pandemia e também alavancar a tecnologia permitir o desenvolvimento de futuros métodos de aprendizagem", disse Stefania Giannini, Diretora-Geral Adjunta de Educação da UNESCO. "É definido por uma forma de escola digital que torna os programas acessíveis a todos os estudantes, seja em tempos de crise ou não – é um caso de ir além da situação atual e abrir um novo horizonte de ensino e aprendizagem".

Planejados com a colaboração dos governos de Gana, Etiópia e Egito, os projetos TeOSS têm sido desenvolvidos para atender às necessidades locais específicas.

"O novo sistema educacional do Egito 2.0 enfatiza a integração da tecnologia no processo de aprendizagem com múltiplos recursos de educação digital e plataformas educativas para assegurar o ensino e acesso de qualidade para todos", disse o Dr. RedaHegazy, Vice-Ministro de 'Assuntos dos Professores', do Ministério da Educação e da Educação Técnica do Egito. "O papel do professor passou de fornecer informação para guiar e facilitar o processo educacional por meio de recursos da aprendizagem digital".

O projeto TeOSS na Etiópia se concentrará na construção de uma infraestrutura de TIC para conectar escolas, professores e alunos e construir um sistema de gestão de aprendizagem integrado com uma plataforma de treinamento de professores.

"A Etiópia compreende muito bem a necessidade das TIC e da digitalização no futuro do nosso sistema escolar. É uma forma de oferecer educação de qualidade e inclusiva de forma equitativa para todos, como planejado em nosso novo planejamento educacional", disse o Dr. Fanta Mandefiro, representante do Ministério da Educação da Etiópia. "Este projeto está perfeitamente alinhado com nossas aspirações e com as atividades de nossos programas e iniciativas de utilização de conteúdo digital em nosso sistema educacional".

Em Gana, o foco está na criação de conteúdo digital para todas as disciplinas, assim como no treinamento de professores e alunos do Ensino Fundamental I e II. O projeto também construirá uma e-biblioteca, que os professores poderão usar para subir o conteúdo e os alunos para acessar online e offline.

"Fico feliz em observar que a união entre UNESCO e Huawei está respeitando as parcerias já estabelecidas, colaborando com nossas instituições nacionais, particularmente o CENDLOS, que é um braço do Governo de Gana para facilitar a integração das TIC no sistema educacional em todos os níveis", disse o Dr. Yaw OseiAdutwum, Ministro da Educação de Gana.

O TeOSS está alinhado ao Tech4Edudomain e a iniciativa de inclusão digital TECH4ALL da Huawei, que busca trazer maior equidade e qualidade na educação com a tecnologia.

"As plataformas digitais do projeto 'Escolas Abertas para Todos' significam que o aprendizado nunca vai precisar parar – seja qual for o futuro", disse Kevin Zhang, CMO de Infraestrutura de TIC da Huawei. "A Huawei está totalmente comprometida em trabalhar com a UNESCO, os governos e todas as partes interessadas em realizar projetos bem-sucedidos, sustentáveis e escaláveis".

O projeto TeOSS e as parcerias que irão implementá-lo são cruciais para a digitalização da educação e para a busca de acesso equitativo e inclusivo a oportunidades de aprendizagem para todos ao longo da vida.

Deixe seu comentário