Microsoft expande a disponibilidade do CRM Online com datacenter no Brasil

0
1

A Microsoft Corp anunciou nesta segunda-feira, 4, que está expandindo a disponibilidade do Microsoft Dynamics CRM Online, inclusive com a utilização do datacenter para a América Latina instalado no Brasil. A aplicação de negócios baseada na nuvem estará disponível em 18 mercados adicionais nos próximos meses, entregando uma solução completa que oferece às empresas capacidades de vendas e de atendimento ao cliente, que são perfeitamente integradas com os principais aplicativos de produtividade, como Office 365, Yammer, Lync, Skype, SharePoint e Power BI.

O serviço de CRM Online para os países latino-americanos (Argentina, Brasil, Chile, Colômbia, Costa Rica, México, Peru, Porto Rico, Trinidad e Tobago, Uruguai e Venezuela) funcionará dentro do datacenter da Microsoft na América Latina, que fica localizado no Brasil. O datacenter local fornecerá serviço direto para os clientes do CRM online nesses países, em vez dos datacenters na América do Norte. Com isso, as empresas da região serão beneficiadas com melhor tempo de resposta e desempenho.

A expansão da oferta do produto para os mercados da Europa, Ásia-Pacífico e América do Sul começou em junho, com a disponibilização do Microsoft Dynamics CRM Online na Turquia. Os mercados adicionais que fazem parte desta nova fase de expansão global incluem Argentina, Uruguai, Equador, Ilhas Virgens, Indonésia, Tailândia, Taiwan, Filipinas, Bahrein, Egito, Kuwait, Omã, Qatar, Arábia Saudita, África do Sul, Ucrânia e Emirados Árabes Unidos. Esta expansão da presença global oferece aos clientes uma nova opção de solução em CRM online abrangente em seu mercado. Até o final do ano, estará disponível em 60 mercados ao redor do mundo.

Ressaltando a questão da confiança, que é um fator crítico para as empresas que querem trazer seus serviços para a nuvem, a Microsoft reforça que a suaimplementação das cláusulas do modelo da União Europeia para Office 365, Azure e Microsoft Dynamics CRM Online atende os elevados padrões da lei de privacidade da União Europeia (UE), como reconhece o "Article 29 Working Party", tornando a Microsoft, segundo ela divulga, a primeira até agora a receber esta aprovação. Isso serve para garantir aos clientes que medidas adequadas foram tomadas para proteger os dados pessoais armazenados em um serviço de nuvem.

"Além de desfrutar os benefícios dessas novas capacidades por meio de vendas e serviços, os clientes podem se sentir confortáveis fazendo negócios com a Microsoft quando se trata de seus dados", diz Fábio Azevedo, diretor regional do Microsoft Dynamics.

"Além disso, alguns clientes brasileiros estão utilizando o CRM na nuvem localmente numa fase piloto. Por fim, vale destacar que nós concentramos nossos esforços de desenvolvimento em entender o que as empresas precisam para melhor interagir com seus clientes e ter a agilidade e mobilidade para atender suas necessidades em qualquer lugar, em qualquer dispositivo de forma segura e consistente", conclui Azevedo.

Deixe seu comentário