Gastos com projetos mal sucedidos fazem com que CEO da Amazon perca US$ 7,4 bilhões em um ano

0
319

O aumento nos gastos com o desenvolvimento de novos produtos como o smartphone Fire Phone, que apesar de possuir capacidades 3D, não caiu no gosto do público, foi um dos principais motivos para consolidar 2014 como o pior ano para a Amazon desde 2008, quando as ações da varejista online chegaram a cair 44%.

Como consequência, o CEO da Amazon, Jeff Bezos, perdeu US$ 7,4 bilhões do valor de ações que possui da empresa no ano passado, período em que os papéis da companhia recuaram 22%, segundo informações do The Wall Street Journal. Ainda assim, as 84 milhões de ações que Bezos detém na Amazon, o equivalente a 18,3%, devem ser valorizadas neste ano em US$ 26,1 milhões.

No terceiro trimestre do ano passado, por exemplo, a Amazon reportou prejuízo de US$ 437 milhões, a maior perda trimestral em 14 anos, da qual US$ 170 milhões resultaram do fracasso nas vendas de seu próprio smartphone lançado em julho. Por outro lado, alguns investidores acreditam que a empresa deve virar o jogo no longo prazo, devido ao seu crescente negócio de computação em nuvem, Amazon Web Services.

Procurada, a Amazon não respondeu imediatamente a um pedido de comentário ao jornal americano.

Deixe seu comentário