Rumores agora indicam Microsoft como interessada em comprar Salesforce

0
22

A Microsoft está analisando a opção de fazer uma oferta de compra à Salesforce.com, após de terem circulado rumores no mercado, na semana passada, de que a companhia teria contratado consultores financeiros para se defender de eventuais ofertas hostis, depois de ter sido abordada por um potencial comprador.

A fornecedora de software de CRM na nuvem, que tem valor de mercado de quase US$ 50 bilhões, está trabalhando com dois bancos de investimentos para determinar uma resposta às abordagens, segundo pessoas com conhecimento do assunto disseram à Bloomberg. Elas ressaltam que a empresa ainda avalia se vai simples recusar qualquer oferta de compra ou analisar a possibilidade de venda caso surja uma proposta "irrecusável".

Ainda de acordo com as fontes, a Microsoft não está em conversações com Salesforce, e portanto não há nenhum acordo iminente. Mas, mesmo assim, elas dizem que a fabricante do Windows não esconde que teria interesse na empresa caso ela seja colocada à venda. Outra empresa também estava em negociações com o Salesforce, disseram duas pessoas.

A Microsoft firmou um acordo com a Salesforce no ano passado para integrar os aplicativos da empresa em suas plataformas Windows e Office, como parte da estratégia do presidente-executivo Satya Nadella de tornar a companhia mais próxima das tecnologias de computação em nuvem. A aliança prevê que os populares aplicativos da Salesforce ficarão disponíveis para computadores com Windows, tablets e dispositivos móveis, enquanto usuários da Salesforce poderão acessar conteúdo do Office, como planilhas do Excel e apresentações de PowerPoint.

Procuradas pela agência de notícias, nenhuma das empresas quis comentar.

Na semana, a CEO da Oracle, Safra Catz, disse que a aquisição de Salesforce criaria perturbações no mercado de software, mas se negou a comentar se a gigante do banco de dados estaria interessada em comprar a empresa.

Os diretores executivos da SAP e da Salesforce.com mantiveram conversações no ano passado sobre uma possível aliança estratégica entre as duas empresas, mas a multinacional alemã nega ter interesse em comprar a companhia. "Não é verdade que a SAP esteja considerando ou já considerou adquirir a Salesforce", disse Nicola Leske, porta-voz da SAP, na segunda-feira, 4.

Deixe seu comentário