Nova rede de energia europeia usará blockchain para controlar distribuição

0
0

A empresa Equigy e a IBM junto com consórcio de empresas de energia Swissgrid, TenneT e Terna lançará a plataforma de blockchain na Holanda, Alemanha, Itália e Suíça, usando-a para ajudar a equilibrar o sistema de energia. A Energinet da Dinamarca, também confirmou sua intenção de ingressar no consórcio, que estenderá o lançamento para cinco países.

A nova plataforma da Equigy estabelecerá um novo padrão europeu e permitirá que três dos ORT nacionais da Europa – as entidades encarregadas de transportar energia e equilibrar a oferta e a demanda – trabalhem juntos para aprimorar e melhorar a integração de fontes renováveis, oferecendo mais flexibilidade para mitigar seus efeito aleatório na grade. Entre outras iniciativas desse tipo na Europa, essa é vista como a abordagem coletiva mais viável, oferecendo padronização, uma abordagem comum dos ORT com governança neutra e a oportunidade de expansão.

A plataforma irá desbloquear o potencial de pequenas unidades geradoras de energia. O valor e a eficácia da tecnologia blockchain na qual ela se baseia foram testados e testados por vários pilotos.

Os ORT podem usar a capacidade distribuída oferecida por uma ampla variedade de fontes de energia, incluindo carros elétricos, bombas de calor, caldeiras de água e baterias domésticas em residências particulares. Para os proprietários de veículos elétricos, o processo é ativado usando carregadores bidirecionais permitindo que eles vendam sua capacidade extra injetando eletricidade na rede. A plataforma da Equigy validará todas essas transações usando a tecnologia blockchain.

Deixe seu comentário