Blockbit estrutura programa de canais

0
0

A Blockbit, empresa global de produtos de cibersegurança, com escritórios na América do Norte, América Latina e Europa,  busca um incremento na ordem de 80% das vendas em 2016 através de programa de canais, que foi desenvolvido ao longo do ano para atender as demandas do mercado brasileiro.

No início da operação da empresa no país, em abril desse ano, a área de vendas por canais representava apenas 12% do faturamento. "Nosso objetivo é chegar até o final de 2016 com essa operação representado 50% e, em 2017, pretendemos atuar 100% por meio de canais", conta Cleber Ribas, vice-presidente da Blockbit. Atualmente, a companhia possui 71 parceiros distribuídos pelas regiões Sudeste (60%), Centro-Oeste (20%), Sul (10%) e 20% divididos entre o Norte e Nordeste.

cleber-ribas_blockbit
Cleber Ribas

Lançado em junho, o programa de canais foi dividido em quatro níveis de parceiros: Finder, Bronze, Prata e Ouro. "Ainda este ano pretendemos lançar um portal em que o canal tenha uma resposta imediata se determinada oportunidade está ou não mapeada. Este portal servirá para que os canais fiquem atentos sobre as oportunidades, agilizando a tomada de decisão", destaca Ribas.

A Blockbit possui um suporte personalizado do primeiro até o terceiro nível, ou seja, oferece uma estrutura de suporte em que os clientes de canais têm acesso a todos níveis de atendimento, desde atendimento até o desenvolvimento o que possibilita a entrega de projetos personalizados. Além disso, a companhia consegue entregar alto nível de segurança que é possível encontrar em produtos de alto custo, por meio da alta tecnologia entregue, por um valor que possibilita o acesso de pequenas e médias empresas, que estão sob a mesma ameaça de segurança do que as grandes empresas.

"Estamos trabalhando para encerrar 2016 com parcerias estratégicas com operadoras de telecom, datacenters, provedores de internet e consolidar a política de canais. Até o final do ano pretendemos lançar mais duas linhas de produtos que irão agregar aos avanços tecnológicos que são frutos de nosso investimento em Pesquisa & Desenvolvimento", finaliza.

Deixe seu comentário