Walmart dobra investimentos em comércio eletrônico para competir com Amazon.com

0

A rede varejista Walmart tem feito movimentos significativos para expandir sua atuação no comércio eletrônico, mais notavelmente com a aquisição, em agosto, da Jet.com, num negócio de US$ 3,3 bilhões, para fortalecer suas operações na internet e tentar diminuir a diferença com a Amazon.com.

O Walmart está agora a caminho de dobrar seu número de centros de distribuição dedicados à estocagem de produtos para vendas online, que deve atingir dez unidades até o final do ano. Ambos os movimentos são parte da estratégia da gigante varejista de conquistar consumidores online.

A companhia também dobrou sua participação na chinesa JD.com, que aumentou a sua participação inicial de 5% para 10%, segundo informou o The Wall Street Journal. O Walmart decidiu investir na JD.com em junho, depois de vender a sua subsidiária chinesa de comércio eletrônico Yihaodian.

Segundo analistas, intensificar o investimento na JD.com fortalece o relacionamento do Walmart com a gigante chinesa. Como parte do acordo de investimento, tanto o Walmart quanto o Sam's Club agora são listados na JD.com como varejistas preferenciais, com itens disponíveis para compra no mercado chinês.

Além de expandir significativamente a presença do Walmart na China, o acordo, ainda conforme os analistas, pode ajudar a aumentar a sua receita internacional. A JD.com é a segunda maior empresa de e-commerce no país em participação de Mercado. A parceria também pode beneficiar os consumidores nas lojas físicas do Walmart na China.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui