HP e SanDisk firmam acordo para desenvolver nova geração de chips de memória

0
1

A HP e a SanDisk firmaram acordo de cooperação para o desenvolvimento de uma nova geração de chips de memória, como parte da corrida para o aperfeiçoamento do bloco básico de construção de computadores e outros dispositivos.

O anúncio da parceria foi feito nesta na quinta-feira, 8, e as empresas preveem que os seus futuros chips serão até mil vezes mais rápidos do que os processadores de memória flash usados atualmente. Segundo as empresas, os novos chips também serão capazes de substituir os chips de memória DRAM – processadores usados em computadores –, a um custo muito menor.

A fabricante de computadores e a produtora de chips de memória estão de olho no chamado mercado de memória digital, avaliado em US$ 78,5 bilhões. Com a oferta de novas tecnologias de chips e de maior desempenho, elas pretendem concorrer diretamente com os processadores da Intel e da Micron Technology, que no fim de julho anunciaram uma nova tecnologia de memória chamada Xpoint 3D.

De acordo com HP e a Scan Disk, o acordo de colaboração inclui o aproveitamento das tecnologias que pesquisaram separadamente. A HP desenvolveu, por exemplo, o memristors (acrônimo do inglês memory resistor, ou resistor com memória), enquanto a ScanDisk criou um novo tipo de memória, a RRAM (sigla de resistive random-access memory, ou memória de acesso aleatório resistiva).

O sonho dos projetistas e fabricantes de chips é desenvolver uma única tecnologia, rápida e acessível, que aumente o desempenho dos computadores, eliminando o tempo gasto na transferência de dados para armazenamento. Ao que parece, estão bastante perto de alcançar tal intento.

Deixe seu comentário