HP pagará US$ 108 milhões para encerrar processo por corrupção

1
0

A HP vai pagar US$ 108 milhões e uma de suas subsidiárias irá se declarar culpada das acusações de suborno por seu papel em esquema para assegurar um contrato com um órgão governamental da Polônia, disse o Departamento de Justiça dos Estados Unidos (DOJ) nesta quarta-feira, 9.

Unidades da HP na Rússia e no México também resolveram acusações criminais relativas a contratos nesses dois países, disse o departamento.

A Securities and Exchange Comission (SEC), órgão regulador dos mercados de capitais dos EUA, também entrou em acordo com a fabricante americana sobre alegações de que suas subsidiárias fizeram pagamentos ilegais para funcionários do governo para obter contratos, em violação à lei norte-americana contra práticas de corrupção no exterior.

"A conduta descrita no relatório das autoridades americanas limitou-se a um pequeno número de pessoas que não trabalham mais na empresa", disse John Schultz, diretor jurídico da empresa, em um comunicado. "A empresa colaborou plenamente com o Departamento de Justiça e a SEC", acrescentou.

A HP disse também que concordou com certas obrigações quanto ao cumprimento, comunicação e cooperação, mas não forneceu qualquer informação adicional sobre a investigação de possíveis violações da Lei de Práticas de Corrupção no Exterior.

Mas o ministro do Interior da Polônia Bartlomiej Sienkiewicz disse nesta quarta-feira à rádio pública que a HP irá em breve admitir publicamente que pagou propina em troca de contratos. De acordo com o diário local Dziennik Gazeta Prawna, um dos funcionários públicos admitiu ter recebido US$ 529 mil em subornos de um gerente local da HP. Com informações de agências internacionais.

1 COMENTÁRIO

  1. Pessoas ditas honradas vão para a cadeia quando são pegas em corrupção.
    Mas e essas grandes empresas ?!
    Parecem compensar (subornar?) a todos com mais dinheiro… e continuam operando a "competitividade" !

Deixe seu comentário