ESG exige um novo olhar sobre iniciativas de RH das organizações

0
15

Quando seu fala na adoção das práticas de EGS (Enviroment, Governance e Social) o pilar social, com as questões relacionadas ao capital humano, ganha mais relevância nesse período da pandemia, exigindo dos setores de recursos humanos e gestão de pessoas um novo olhar sobre o assunto.

Eles precisam entender sobre as questões que envolvem diversidade, inclusão, causas, capacitação e preservação da força de trabalho e condições justas, que vão influenciar diretamente na capacidade dos colaboradores em prestarem serviços, no engajamento e na performance de trabalho diário.

No ESG Forum, que acontece dias 16 e 17 de junho, o painel "Capital Humano" contará com a participação de Marcus Nakagawa, coordenador do Centro ESPM de Desenvolvimento Socioambiental (CEDS) e conselheiro da Abraps; Fernando Luciano, diretor de Talentos da Vivo; Rodolfo Fücher, presidente da Associação Brasileira das Empresas de Software – ABES e Rubem Duek, presidente da Associação Meu Futuro Digital e Catherine Duvignau é CEO e fundadora da Toptrends,

Os painelistas vão discutir como gerar um ambiente de trabalho inclusivo e saudável, para produzir um impacto direto na produtividade, reter talentos, reputação de marca, criar oportunidades para pessoas e comunidades, trazendo como consequência a valorização das organizações líderes.

Conheça todo potencial que as práticas de ESG podem trazer para sua carreira e empresa. Mais informações e inscrições em www.esgforum.com.br, fone/WhatsApp 11-3138-4619 ou info@tiinside.com.br

Deixe seu comentário