TIM expande cobertura 5G DSS em São Paulo

0
157

As dependências e as ruas do entorno do Parque do Ibirapuera, em São Paulo, receberam nesta segunda-feira, 10, um retorço da rede 5G DSS (ativação da tecnologia 5G sobre as frequências atuais 4G) da TIM. A operadora também anunciou que o bairro Itaim Bibi, em toda a extensão da Marginal Pinheiros e Ciclofaixa, e, ainda, na Avenida Paulista passam a receber a prévia do sinal de quinta geração para clientes da operadora que possuem aparelhos compatíveis, gratuitamente. No interior paulista, o 5G DSS também foi expandido para o bairro Taquaral de Campinas e para toda a orla da Praia de Santos, na Baixada Santista.

Os locais escolhidos pela operadora para receber a prévia do sinal de quinta geração são alguns dos mais relevantes marcos regionais de cada cidade. O mesmo acontece no restante do país onde a tecnologia já está ativada: em Brasília, o local é a Esplanada dos Ministérios, em Salvador, o Circuito Barra Ondina, no Rio de Janeiro, o Parque dos Patins e, em Recife, o Marco Zero e o Parque Dona Lindu. Serão dezenas de pontos distribuídos pelas cidades até o final de 2021.

O projeto 5G da TIM foi lançado em 2019 em laboratórios de desenvolvimento, e no ano passado, com testes do 5G nos municípios de Bento Gonçalves (RS), Três Lagoas (MS) e Itajubá (MG). Em outubro de 2020, cerca de 300 clientes residenciais destes municípios receberam equipamentos 5G para testes e a rede 5G DSS foi ativada em modens ligados na rede celular, sem custo adicional, como banda larga de alta velocidade com a tecnologia FWA (Fixed Wireless Access).

Depois disto, em novembro do ano passado, a TIM anunciou o plano de ativar 5G DSS em 12 novas cidades, até o final de 2021, a fim de proporcionar aos seus clientes uma evolução automática para o 5G puro, logo após o leilão de frequências marcado para o segundo semestre deste ano. Dentro deste plano, as primeiras cidades cobertas foram a capital paulista, Brasília, Belo Horizonte, Rio de Janeiro e Curitiba. Até dezembro deste ano, Belém, Belo Horizonte, Florianópolis, Fortaleza, Recife, Salvador e novos pontos de Brasília também serão contemplados.

A TIM firmou ainda parcerias com hubs de empreendedorismo e instituições de ensino para a criação de soluções baseadas na tecnologia 5G. Uma delas é o Inatel (Instituto Nacional de Telecomunicações), que oferece sete cursos de engenharia. Usando a rede 5G da TIM e equipamentos Ericsson, o Inatel deu início, neste ano, a projetos de cidades inteligentes baseados no conceito de IoT para os municípios de Piraí (RJ), Caxambu (MG) e Santa Rita do Sapucaí (MG).

Deixe seu comentário