Programa Start-Up Brasil encerra inscrições dia 14

0
0

O prazo para se inscrever no Programa Start-Up Brasil, iniciativa do Ministério da Ciência, Tecnologia e Informação, integrada ao TI Maior, termina nesta segunda-feira, 14. Nessa primeira fase do programa serão selecionadas 50 empresas startups para serem apoiadas por 12 aceleradoras qualificadas em todo o Brasil. O CNPq – Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico repassará R$ 200 mil para cada startup desenvolver os projetos apresentados.

Das 50 vagas, 75% são destinadas a empresas brasileiras. As inscrições podem ser feitas pelo site: www.startupbrasil.org.br. Segundo Robinson Klein, presidente da Regional RS da Assespro, a entidade apoia o programa, "o Brasil carece de cultura de inovação, esse é um desafio que ajudará o país a crescer. Apoiamos a criação e o fortalecimento das startups para gerar novas oportunidades, inovação e também fortalecer nosso modelo econômico e toda economia", destaca.

As empresas selecionadas podem indicar com qual aceleradora preferem atuar. "Ter o apoio de uma aceleradora significa contar com a orientação para fazer o negócio crescer. Normalmente o foco não é na tecnologia, mas em todo o restante que envolve o negócio. Além dos R$ 200 mil do programa, a aceleradora pode contribuir com aporte de R$ 40 mil a R$ 120 mil e, como contrapartida, torna-se sócia da empresa e tem parte dos lucros em uma futura venda da empresa", explica Sandro Cortezia, diretor da aceleradora Ventiur.net.

As aceleradoras participantes também oferecem oportunidade para quem quer investir em startups. "No caso da Ventiur.net, temos 10 cotas ainda abertas. Os investidores auxiliam no aporte financeiro às startups e, no momento adequado, quando a empresa tiver crescido e se desenvolvido o bastante, tem uma parcela no valor obtido com a venda", explica Cortezia.

 

Deixe seu comentário