Ações do Facebook atingem cotação recorde de US$ 45,04; Apple mantém ritmo de queda

0
0

Os papéis do Facebook atingiram cotação recorde nesta quarta-feira, 11, negociados a US$ 45,04 no fim do pregão da bolsa eletrônica Nasdaq. O valor representa uma alta de 3,3% em relação ao fechamento do dia anterior. Durante o dia, as ações atingiram o pico de US$ 45,09.

O valor máximo que as ações da empresa haviam alcançado era de US$ 45, no dia da oferta pública inicial (IPO), em maio do ano passado, quando acabou encerrando o pregão cotadas a US$ 38,2. Desde então, as ações da rede social decepcionaram o mercado, mostrando recuperação apenas em julho deste ano, após a divulgação de seus resultados financeiros do segundo trimestre, o que fez com que a cotação atingisse o recorde desde o IPO pela primeira vez.

Segundo analistas disseram ao MarketWatch, site ligado ao The Wall Street Journal, o pico de US$ 45,09 obtido nesta quarta-feira pode ter sido provocado pela especulação de que a visita da diretora de operações do Facebook, Sheryl Sandberg, à China nesta semana demonstra a intenção da empresa de expandir a atuação para o mercado asiático.

Apple em baixa

Já a Apple não teve a mesma sorte. Depois do fraco desempenho nas negociações da última terça-feira, 10, quando a empresa apresentou dois novos iPhones, os investidores mantiveram sua insatisfação nesta quarta e os papéis da empresa caíram mais ainda, encerrando o pregão em baixa de 5,44%, cotados a US$ 467,71.

Notícia atualizada às 17h40.

Deixe seu comentário