Huawei diz ter encontrado evidências de funcionários envolvidos em corrupção

0
37

A chinesa Huawei Technologies, segunda maior produtora de equipamentos de telecomunicações do mundo, disse nesta quinta-feira, 11, que descobriu, por meio de uma investigação interna recente, que 116 de seus funcionários podem estar envolvidos em corrupção.

Em comunicado, a fabricante diz que tomará medidas contra quaisquer pessoas que tenham violado o código de conduta corporativo. "A Huawei tem uma política muito clara sobre o que constitui uma prática comercial aceitável e esperamos que todos os nossos funcionários cumpram plenamente esses padrões", diz o texto. "Se for apresentada prova contra qualquer um de nossos funcionários, que não foi capaz de cumprir essas normas, tomaremos as medidas apropriadas", acrescenta. A empresa não forneceu mais detalhes sobre os trabalhadores e as alegações de suborno.

Com sede na cidade de Shenzhen, localizada na região Sudeste da China, a Huawei tem cerca de 150 mil funcionários globalmente.

A imprensa chinesa informou no mês passado que a empresa encontrou evidências de casos de corrupção envolvendo 116 funcionários e centenas de milhões de dólares em subornos.

O jornal britânico Financial Times informou nesta quinta-feira que Ken Hu, um dos três mais altos executivos da Huawei, que ocupa o cargo de CEO, confirmou a realização de uma investigação interna para apurar as denúncias de suborno. Hu disse, porém, tratar-se de uma "investigação de rotina" sobre a violação de seu código de conduta.

Deixe seu comentário